Red Bull culpa “regulamento ambíguo” por protesto contra DAS da Mercedes

Christian Horner explicou que protestou à FIA por querer clareza sobre o dispositivo e avisou a equipe alemã antes de procurar a entidade máxima

A Red Bull explicou o motivo de ter protestado contra o DAS da Mercedes junto à FIA. Christian Honer, chefe do time, pontuou que buscava clareza sobre o dispositivo visto no Red Bull Ring e agora já vê o assunto encerrado. O sistema de direção de eixo-duplo da equipe alemã já tinha sido visto nos testes coletivos do início do ano, em Barcelona. Agora voltou a aparecer na Áustria.

Após as primeiras atividades no circuito de Spielberg, o time taurino decidiu pedir esclarecimentos à FIA. Ainda na sexta-feira, a entidade máxima rejeitou alegando que o protesto “não tinha fundamentos”.

“Vimos no carro ontem e escolhemos usar a opção de protesto para ter mais clareza. Quisemos protestar o mais cedo possível no fim de semana para não interferir no resultado. informamos a Mercedes antes de preencher o protesto’’, falou Horner à Sky Sports F1.

Valtteri Bottas aciona o DAS no TL1 do GP da Áustria
Valtteri Bottas aciona o DAS no TL1 do GP da Áustria (Foto: Reprodução/F1)

“Basicamente, o sistema é muito complicado e vem com a questão ‘para que serve o volante? Os fiscais apoiaram a decisão de Nikolas Tombazis, o delegado técnico, então temos clareza agora. É legal e, se quisermos um, teremos de desenhá-lo nós mesmos e incorporá-lo”, completou o dirigente inglês.

Christian ainda esclareceu que protestou contra o DAS com o argumento que mais tem a ver com a suspensão do W11 do que com o volante. “Acho que é usada uma combinação de mudanças de equilíbrio e aquecimento do pneu durante períodos de safety-car”, explicou.

“Então é uma ferramenta que não tem nada a ver com o volante do carro, pois apenas o usam em retas. Às vezes é essa a ambiguidade que esses regulamentos criam, é algo que foi revisto para o próximo ano”, seguiu.

“O feedback de engenharia que recebemos foi de que não era totalmente compatível com o regulamento deste ano e por isso questionamos. Agora temos a clareza sobre isso, portanto, está encerrado para nós”, encerrou.

Toto Wolff falou sobre o sistema e qual o melhor momento a ser usado. O chefão da Mercedes disse que o mais efetivo seria “durante a volta de aquecimento ou em uma volta atrás do safety-car”.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube