Red Bull define protestos da Mercedes em Abu Dhabi como ato “desesperado”

Christian Horner exaltou o “fenomenal” Lewis Hamilton como oponente de Max Verstappen, mas criticou a postura da rival Mercedes em Abu Dhabi

F1 EM ABU DHABI: VERSTAPPEN PASSA HAMILTON NO FIM E É CAMPEÃO! | Briefing

A rivalidade travada por Red Bull e Mercedes nesta insana temporada 2021 da Fórmula 1 ganhou um novo capítulo depois do dramático GP de Abu Dhabi no último domingo (12). Pouco depois do desfecho da prova e do campeonato, conquistado por Max Verstappen, a equipe chefiada por Toto Wolff protestou contra duas decisões da direção de prova: a primeira, sobre o holandês ter colocado parte do carro à frente da Mercedes de Lewis Hamilton; e o segundo pelo procedimento que autorizou cinco retardatários a descontarem a volta de desvantagem para Hamilton, o que permitiu que Max estivesse logo atrás do britânico na última volta para a relargada, no momento capital da prova e que decidiu o campeonato.

No fim das contas, os dois protestos foram rejeitados pela FIA (Federação Internacional de Automobilismo), que manteve o resultado final e, por consequência, oficializou Verstappen como novo campeão mundial de Fórmula 1. A Mercedes, contudo, se posicionou e declarou a intenção de apelar da decisão junto à entidade.

Christian Horner, chefe da Red Bull, criticou o ato da rival Mercedes. “Pareceu um pouco desesperado”, disse o britânico, que lamentou a situação logo depois do inacreditável desfecho do campeonato. “Não queríamos terminar em frente aos comissários”, falou o dirigente no momento em que aguardava a definição sobre o caso.

LEIA TAMBÉM
+Opinião GP: Título de Verstappen tem mais sabor por derrotar Hamilton no auge técnico

CHRISTIAN HORNER; ADRIAN NEWEY; RED BULL; F1; FÓRMULA 1;
Ao lado de Adrian Newey, Christian Horner criticou a postura da Mercedes (Foto: Clive Rose/Getty Images/Red Bull Content Pool)

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Em contrapartida, Horner destacou o caráter de Hamilton como concorrente de Verstappen nesta temporada. “Eles foram grandes competidores neste ano, e Lewis foi fenomenal”.

“Foi tenso, foi difícil. Estamos muito satisfeitos com o resultado e muito orgulhosos de Max nesta noite. Ele foi fenomenal durante o ano inteiro”, comemorou.

Quando ainda não se sabia se a Mercedes teria a intenção de apelar da decisão, Horner foi perguntado sobre o assunto. “Não ficaria surpreso”.

No entendimento do chefe da Red Bull, muitas decisões tomadas pela direção de prova ao longo da temporada foram desfavoráveis à equipe, mas não foi este o caso no fim do GP de Abu Dhabi. “Acho que o diretor de prova deixou clara sua posição, os comissários deixaram clara sua posição, a decisão é muito clara”.

A dramática última volta do GP de Abu Dhabi de F1 (Vídeo: TSN)

“A decisão no começo da corrida foi contra a gente e a decisão no fim da corrida foi correta. Numa temporada como essa, houve algumas decisões das quais nos beneficiamos, mas perdemos na maioria”, salientou.

Por fim, Horner lembrou que a batida sofrida por Nicholas Latifi a cinco voltas para o fim da corrida, cenário que proporcionou o acionamento do safety-car e, por consequência, toda a mudança de rumo da corrida e da definição do título, foi um sorriso da sorte para quem achou que já estava abandonado por ela.

“Max teve finalmente um pouco de sorte, e Latifi causando aquele safety-car simplesmente nos deu a oportunidade. Depois de Silverstone, Budapeste e o Azerbaijão, quando ele sentiu que a sorte não estava ao lado dele, hoje então ele teve um pouco de sorte, e ela veio na hora certa, e ele tinha de fazer isso acontecer”, comemorou.

LEIA TAMBÉM
Campeão, Verstappen consolida troca de guarda e fim da dinastia Hamilton na F1
Verstappen triunfa em rivalidade contra nêmesis de uma vida apenas aos 24 anos
Verstappen vence batalha árdua em primeiro título e sinaliza nova era na Fórmula 1
Red Bull enfim entrega carro vencedor e dá condição de título a Verstappen na F1

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar