Red Bull diz que troca de motor de Verstappen em Sóchi “vai depender do sábado”

Christian Horner, chefe de equipe de Red Bull, despistou sobre troca do quarto motor de Max Verstappen e disse vai esperar a classificação do sábado, em Sóchi, para decidir

O QUE É O HALO, COMO PROTEGEU HAMILTON NA F1 E QUEM É SEU ‘AVÔ’ BRASILEIRO

Com a punição que Max Verstappen tem a cumprir no GP da Rússia, oriunda do acidente com Lewis Hamilton em Monza, tudo indica que a Red Bull vai optar por fazer a troca de seu quarto motor para a corrida em Sóchi, jogando o líder do campeonato para o fundo do grid de largada. Mas, para Christian Horner, chefe de equipe dos taurinos, ele prefere esperar o resultado da classificação de sábado para bater o martelo.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

“É inevitável que precisaremos cumprir a punição [para a troca do motor]. Provavelmente, temos uma janela de três ou até quatro corridas para fazermos isso”, disse Horner, em entrevista ao site RacingNews365.com. “Agora, se o faremos ou não, realmente dependerá da posição que obtermos no sábado, em Sóchi. Vamos tomar essa decisão mais perto da hora”, acrescentou.

LEWIS HAMILTON; MAX VERSTAPPEN; GP DA ITÁLIA; MONZA;
Red Bull escolhe o melhor momento para trocar o motor de Verstappen por disputa com Lewis Hamilton (Foto: Honda Racing F1)

A equipe austríaca se encontra numa difícil situação com os motores do carro #33 desde o GP da Inglaterra, em Silverstone, quando o holandês sofreu um forte acidente após toque com Hamilton, mas escapou de sofrer danos mais graves. Só que, uma semana depois, na Hungria, durante inspeção técnica, horas depois da classificação em Hungaroring, a Honda encontrou uma rachadura na unidade motriz de seu RB16B e, por precaução, decidiu fazer a troca para o terceiro motor. Na corrida, Verstappen passou por um novo acidente, fazendo com que a recém-trocada unidade de potência ficasse também comprometida.

Ainda nem dá para saber se martírio acabou, mas Ricciardo deu lembrete de quem é
Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.

Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Por isso, Horner explica que é difícil recuperá-lo, o que torna a troca para o quarto motor ainda mais necessário: “Infelizmente, o problema está em uma parte estrutural, por isso seria muito difícil fazer um conserto ou um ajuste nele”, explicou.

“Esse motor tem muito pouca quilometragem, então podemos ainda usá-lo como um motor de sexta-feira, para os treinos livres. Talvez seja possível, mas infelizmente é improvável”, concluiu.

A iminente perda de posições no grid acontece em um momento tenso da temporada. Isso porque Max Verstappen está à frente no Mundial de Pilotos por apenas cinco pontos de Lewis Hamilton. E, no de Construtores, a Mercedes ainda é a líder, com 362,5 pontos.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar