Rosberg espera que pilotos com mais corridas virtuais tenham vantagem em retorno

Nico Rosberg sabe que simulador não é tudo, mas espera que ajude pilotos durante a pandemia. O alemão diz que faria corridas virtuais “todos os dias” para maximizar a vantagem

O automobilismo virtual ajudou muitos na missão de lidar com a abstinência em tempos de coronavírus. Pilotos dos mais diversos campeonatos recorreram a simuladores caseiros em dias de isolamento social. Só que talvez isso tudo seja bem mais do que apenas um passatempo: aos olhos de Nico Rosberg, os eSports vão deixar alguns pilotos em vantagem no retorno iminente do automobilismo.

“Se eu ainda corresse, eu estaria no simulador todos os dias, passando horas lá”, disse Rosberg, entrevistado na transmissão do GP virtual do Azerbaijão de Fórmula 1. “Estou convicto de que isso ajuda pelo menos um pouquinho a treinar sua habilidade. Imagine se o Roger Federer passasse cinco meses sem treinar em uma quadra e voltasse. Ele estaria perdido. É a mesma coisa com a habilidade de um piloto de F1”, refletiu.

O simulador tem vantagens que podem ser exploradas, aponta Nico Rosberg (Foto: Reprodução)

“Acho que o simulador te dá uma chance pequena de treinar habilidades e seguir em alta. Eu aproveitaria isso ao máximo. Será interessante ver isso, já que alguns pilotos estão praticando mais do que outros. Eu me pergunto se isso vai trazer alguma vantagem quando as corridas voltaram. Eu apostaria que sim, que é uma vantagem”, destacou.

O campeonato virtual de F1 virou rotina para alguns pilotos. Charles Leclerc, Lando Norris, George Russell e Alexander Albon viraram habitués. Valtteri Bottas, Sergio Pérez, Esteban Ocon, Max Verstappen e Pierre Gasly também tiveram aparições pontuais.

Com a F1 real marcada para retornar em 5 de julho, data do GP da Áustria, os videogames já começam a ficar em segundo plano. Norris já pilotou um F3 em teste privado, isso enquanto as duplas de Ferrari e Mercedes se beneficiam de atividades com seus respectivos carros de 2018.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube