F1

Sainz vê McLaren com “plano claro de voltar a vencer”, mas segura expectativa: “Não posso me animar muito”

Apesar de serem novos na equipe, Carlos Sainz e Lando Norris sabem que a McLaren não permite, há alguns anos, que expectativas altas sejam criadas. E o espanhol deixou isso claro ao afirmar que promete não se animar muito para 2019

Warm Up / Redação GP, de São Paulo
A McLaren não permite expectativas altas em termos de resultados há alguns anos - para 2019 isso, aparentemente, não muda, e sua nova dupla de pilotos parece saber disso.

Carlos Sainz, por exemplo, deixou claro em entrevista durante evento na Inglaterra que as promessas são muitas dentro da equipe, mas que se animar para que elas se cumpram rapidamente não é o ideal.
Carlos Sainz Jr. (Foto: McLaren)
"A McLaren tem um plano muito claro. Com sorte, ele fará com que a equipe volte a ser o que era, uma equipe ganhadora. Mas é um plano a longo prazo. Não posso me animar muito. Sabemos que temos que trabalhar duro", disse ele.

"Sabemos que a equipe estava longe disso ano passado. E vimos o que temos que fazer para  voltarmos a ser fortes, grandes. Contratamos pessoas importantes, como James Key (diretor-técnico). A equipe está fazendo um grande esforço. Os engenheiros são muito competentes. Temos um grande plano para os próximos anos. Com sorte, pouco a pouco, estaremos lá em cima", completou.

O contrato de Sainz com o time de Woking tem duração de dois anos. O primeiro passo na busca da McLaren em voltar a ser grande ocorre no próximo dia 14 de fevereiro, com a apresentação do MCL34 - o qual Sainz deixou escapar que deve ser laranja, como é há dois anos.