Satisfeito com P4, Räikkönen confirma opção da Ferrari por poupar pneus e desdenha do novo formato da classificação

Kimi Räikkönen vai largar na quarta colocação no GP da Austrália, o que não o deixou decepcionado, mas também não o fez esfuziante. O campeão mundial de 2007 foi ainda mais um a reclamar do novo sistema da classificação da F1

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

O GP da Austrália deste domingo terá as Mercedes na primeira fila e as Ferrari na segunda. Quem sai por último neste quarteto é Kimi Räikkönen, que anotou o quarto tempo no treino classificatório deste sábado (19). E, diga-se, ele ficou satisfeito.
 
Räikkönen se surpreendeu um pouco com o ritmo de qualificação das Mercedes e afirmou que não está decepcionado com o quarto lugar – o que no idioma particular do campeão mundial de 2007 é uma demonstração de satisfação.
 
"As Mercedes parecem muito rápidas. Tive dificuldades para aquecer os pneus na volta rápida, mas o quarto lugar não é ruim. Não estou muito desapontado. Amanhã temos uma boa oportunidade de conquistar posições", disse.
Kimi Räikkönen  (Foto: Getty Images)
"Poderíamos ter tentado novamente [dar volta rápida e melhorar o posto], mas decidimos não sair da garagem e economizar pneus. Esperamos que sejam úteis para amanhã", seguiu.
 
Por fim, se juntou ao coro e reclamou do novo formato da classificação da F1. Na realidade ele nem reclamou, mas deixou claro que não gostou e desdenhou da falta de importância que a palavra dos pilotos teve na tomada da decisão de mudar.
 
"Não parece muito emocionante, mas minha opinião não é importante. Se está na regra, precisamos seguir. Mas com certeza tinha muito tráfego e confusão", encerrou.
 
O GP da Austrália larga às 2h (de Brasília) deste domingo, e o GRANDE PRÊMIO acompanha AO VIVO e EM TEMPO REAL.
 
VEJA A EDIÇÃO #20 DO PADDOCK GP, QUE ABORDA F1, MOTOGP, INDY E F-E

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “8352893793”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 250;

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube