Pérez vive dia de altos e baixos, mas diz que “dava para buscar 2º” no grid da Estíria

Sergio Pérez teve um sábado complicado no Red Bull Ring. No Q1, chegou até a ficar na zona de eliminação, mas fez uma volta muito boa e se salvou. No fim das contas, garantiu um quinto lugar no grid, que virou quarto com a punição imposta a Valtteri Bottas. Mas o mexicano entende que daria para buscar mais

Trivia e disputa de pênaltis: a Euro 2020 com Alonso e Ocon (Vídeo: Alpine)

Sergio Pérez teve momentos de altos e baixos na classificação do GP da Estíria, sessão realizada na tarde deste sábado (26) no Red Bull Ring. No Q1, ‘Checo’ chegou até a figurar, em alguns instantes, na zona de eliminação, em 16º, mas conseguiu fazer uma volta salvadora que o garantiu no Q2. Neste segundo segmento, Pérez inclusive marcou o melhor tempo da tabela.

No Q3, porém, o mexicano fez sua primeira volta com pneus macios usados — já que teve de gastar um jogo extra para evitar a eliminação no Q1. Na segunda tentativa, o dono do carro #11 da Red Bull teve problemas com o aquecimento dos pneus e não conseguiu buscar um lugar na primeira fila. ‘Checo’ virou 1min04s168 e ficou em quinto, 0s327 atrás do tempo do pole e companheiro de Red Bull, Max Verstappen, e foi superado inclusive pela McLaren de Lando Norris. Contudo, com a punição imposta a Valtteri Bottas, Pérez vai largar em quarto.

SERGIO PÉREZ; CHECO PÉREZ; RED BULL; RED BULL RING; GP DA ESTÍRIA; TREINOS LIVRES; SEXTA-FEIRA
Sergio Pérez ainda não está plenamente feliz com a performance do carro na Áustria (Foto: Clive Rose/Getty Images/Red Bull Content Pool)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

WEB STORIES: Como ficou o grid de largada do GP da Estíria de Fórmula 1

No fim das contas, o sentimento para o piloto de Guadalajara era que dava para ter sido melhor como um todo.

“Acho que estivemos muito longe no Q1. Tivemos de usar um segundo jogo de pneus, e o carro não estava em lugar algum, tivemos de fazer alguns ajustes”, lembrou. “Assim, perdemos esse jogo de pneus, e então, minha volta no Q3, com pneus usados, foi muito boa”, reportou Pérez.

“Na minha segunda volta [no Q3], os pneus estavam muito frios no começo, do contrário daria para buscar até a segunda posição com as pequenas diferenças que tivemos hoje”, lastimou.

Confiante no sempre forte ritmo de corrida, Pérez aposta em melhor sorte no domingo. “A corrida amanhã é muito longa, há muito para fazer na corrida”, finalizou.

O GP da Estíria tem largada prevista para 10h (de Brasília) deste domingo. O GRANDE PRÊMIO acompanha tudo AO VIVO e em TEMPO REAL.

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar