Stroll evita traçar metas e diz apenas que vai encarar temporada de estreia na F1 em 2017 “corrida a corrida”

Lance Stroll vai estrear na F1 com apenas 18 anos. E o que pretende é aprender o que puder nesta primeira temporada, de acordo com o piloto, que se recusou a falar com relação à expectativa de desempenho. “Vou encarar o ano corrida a corrida”, disse

 

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Lance Stroll é apenas o segundo piloto mais jovem a estrear na F1. Aos 18 anos, o canadense desembarca no Mundial pelas mãos da Williams e com o único desejo de aprender tudo que puder, ainda mais tendo como companheiro na equipe inglesa um dos nomes mais experientes do grid: Felipe Massa. O discurso surge após uma tumultuada primeira semana de testes que o piloto viveu em Barcelona, onde protagonizou três incidentes e reduziu o tempo de pista do time britânico. Na segunda semana, Lance se portou melhor e o focou o trabalho no ganho de quilometragem. 

 
Falando na primeira coletiva de imprensa da F1 em Melbourne, palco da abertura do campeonato 2017, Stroll não escondeu o entusiasmo pelo debute, mas evitou qualquer previsão de desempenho ou descarta a ideia de traçar metas, revelando que visa apenas encarar o Mundial prova a prova. 
 
"Acho que a preparação para a temporada foi muito boa. Os testes em Barcelona também foram muito bons. Creio que ter um ano sólido já seria muito bom para mim. Não quero falar em números ou posições, porque ainda tenho de aprender muito neste ano. E vou encarar o campeonato corrida a corrida", explicou o jovem.
Lance Stroll tem apenas 18 anos (Foto: Williams)

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

window._ttf = window._ttf || [];
_ttf.push({
pid : 53280
,lang : “pt”
,slot : ‘.mhv-noticia .mhv-texto > div’
,format : “inread”
,minSlot : 1
,components : { mute: {delay :3}, skip: {delay :3} }
});

(function (d) {
var js, s = d.getElementsByTagName(‘script’)[0];
js = d.createElement(‘script’);
js.async = true;
js.src = ‘//cdn.teads.tv/media/format.js’;
s.parentNode.insertBefore(js, s);
})(window.document);
"Temos um grande grupo de pessoas na Williams e todos queremos alcançar a mesma coisa. Quer dizer, todos querem os melhores resultados possíveis. Mas ainda há muita coisa que tenho de entender", completou.

 
Questionado se acha que 2017 é um ano difícil para os novatos – especialmente diante do novo regulamento -, Stroll respondeu não saber, mas espera apenas aproveitar o lado bom das novas regras. “Não tem muito que dizer. As coisas são o que são”, afirmou.
 
“Mas não posso encarar isso como algo negativo. Acho que tenho de focar somente nos pontos positivos. Houve uma grande mudança, mas isso é o mesmo para todo mundo. Este é o meu ano de estreia e tenho de aprender o máximo possível”, encerrou piloto do Canadá.

O GRANDE PRÊMIO transmite todas as atividades do GP da Austrália de F1 neste fim de semana. Acompanhe tudo AO VIVO e em TEMPO REAL, com a estreia do livetiming.
 

PADDOCK GP #70 FAZ PRÉVIA DE ABERTURA DAS TEMPORADAS DE F1 E MOTOGP E LEMBRA PACE

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “8352893793”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 250;

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube