Vettel descarta ideia de que novo regulamento pode também alterar hierarquia de forças na F1 em 2014

Sebastian Vettel entende que, mesmo com as mudanças nas regras para a temporada 2014 na F1, os times de ponta vão continuar à frente. Não haverá uma alteração grande na divisão de forças no Mundial, de acordo com o tetracampeão

Mais jovem tetracampeão da história da F1, Sebastian Vettel não acredita que a drástica mudança no regulamento da F1 para 2014 vai provocar também uma grande alteração na hierarquia de forças do Mundial. Para Sebastian, as grandes equipes vão continuar ditando o desempenho no próximo ano.

Enquanto muitos argumentam que as novas regras, que incluem a introdução dos motores V6 e alterações aerodinâmicas nos carros, vão permitir que as equipes menores tenham a chance de oferecer maior resistência aos times de ponta, o alemão vai na contramão e descartou a ideia.

Sebastian Vettel acha que nada muda na F1, mesmo com novas regras (Foto: Beto Issa/GP Brasil F1)

"É muito difícil expressar alguma expectativa para 2014, especialmente por conta do novo motor. Ninguém sabe realmente o que vai acontecer, mas acho que o novo regulamento vai ajudar as equipes maiores. E não está claro qual será a ordem ou se as diferenças serão muito maiores do que são agora", disse o alemão.

"É complicado, porque não sabemos ainda como serão as corridas e administrar 100 kg de combustível no domingo também não será fácil", completou.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube