Tsunoda se coloca como culpado por acidentes na temporada: “Forço um pouco”

Yuki Tsunoda que, em sete etapas da temporada da Fórmula 1 bateu em três, assume que força demais o carro. O japonês agora trabalha para achar um equilíbrio

Verstappen arrisca na estratégia e bate Hamilton: os melhores momentos do GP da França (GRANDE PRÊMIO com Reuters)

Yuki Tsunoda acumula uma estatística nada favorável na primeira temporada de Fórmula 1: o japonês bateu em três dos primeiros sete GPs do ano. O GP da França foi o seu mais recente revés na temporada, em que o impacto na classificação o fez largar do pit-lane no domingo. No entanto, o dono do carro #22 diz que tem a solução para melhorar o desempenho.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

“Conversamos um pouco, mas ele não ficou bravo”, disse Tsunoda sobre a reação do chefe da equipe, Franz Tost, ao acidente. “Conversamos juntos, tentamos encontrar uma razão pela qual costumo forçar um pouco demais na primeira volta na classificação”, seguiu.

“Acho que estou colocando muito esforço no meu corpo, então me sinto um pouco tenso. Tento forçar desde o início, tento fazer uma volta maluca de primeira, o que é quase impossível”, explicou. “Além disso, mudamos o equilíbrio dos treinos livres para a qualificação e isso faz muita diferença”.

Yuki Tsunoda terminou o fim de semana do GP da França na 13ª posição (Foto: Red Bull Pool Content/ Getty Images)

Vale lembrar que o desempenho de Tsunoda na corrida foi muitas vezes comprometido por suas lutas na classificação, tendo sido eliminado no Q1 por quatro vezes. Embora Yuki tenha guiado bem para chegar ao nono lugar no Bahrein, seu outro único resultado por pontos foi o sétimo lugar em Baku.

Na França, o japonês terminou na 13ª posição depois de ser ultrapassado por George Russell, que fez seu uma parada estratégica para mudar para compostos duros, enquanto lutava por uma maior aderência.

Sem folgas, a Fórmula 1 continua o campeonato neste fim de semana. Os GPs da Áustria e Estíria, ambos na pista de Spielberg, estão marcados para as duas próximas semanas. Depois disso, Inglaterra e Hungria encerram a primeira parte da temporada.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar