Schumacher celebra título na Fórmula 2 e confessa: “Ainda não me sinto campeão”

Apesar do título, Mick Schumacher lamentou a performance ruim no domingo. Piloto valorizou o nível de competição que encarou em 2020 na Fórmula 2

Foi com drama, mas Mick Schumacher se tornou campeão da temporada 2020 da Fórmula 2. O piloto da Prema, que já tem contrato assinado com a Haas para 2021, terminou a corrida do domingo em 18º, mas viu o principal rival Callum Ilott também não pontuar, o que rendeu o título.

Em entrevista após a corrida, Mick, filho do heptacampeão Michael Schumacher, admitiu que o sentimento seria melhor se a corrida de hoje fosse boa. O piloto precisou de um pit-stop após não gerenciar os pneus corretamente e gastá-los com diversos erros.

“Eu me sentiria melhor se tivesse uma boa corrida hoje, mas foi o suficiente. É isso que as pessoas vão lembrar, eles vão se esquecer da corrida de hoje e lembrar dos bons momentos deste ano. Eu também”, disse o piloto.

Mick Schumacher comemora o título da Fórmula 2 (Foto: FIA Fórmula 2)

A temporada de Schumacher foi de 2 vitórias, 9 pódios e 215 pontos, 14 de vantagem para Callum Ilott. O alemão ainda não se sente como campeão da principal categoria de base do automobilismo.

“Para ser sincero, estou sobrecarregado. Não me sinto campeão ainda, vai demorar alguns dias. Os caras contra quem pilotei neste ano foram incríveis e estão em um alto nível de pilotagem, e também foram muito respeitosos”, completou.

Com 21 anos de idade, Schumacher será titular da Haas na Fórmula 1 em 2021 ao lado do russo Nikita Mazepin.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube