Ainda sem pontos na FE, Massa relata “constante desafio” e busca de soluções da Venturi após Marrocos

Felipe Massa ainda está zerado na Fórmula E. Após uma punição em Ad Diriyah e problemas sérios em Santiago, ele avalia que a Venturi trabalhou sério em busca de soluções. Agora, em Santiago, era hora de ver se deu certo

A primeira temporada de Felipe Massa como piloto da Fórmula E não começou ótima. Ainda sem pontos após duas etapas, Massa vai para Santiago com certa pressão – não na Venturi, mas dos fãs do campeonato. O que ele garante é que a equipe monegasca trabalhou com vigor nas últimas duas semanas para resolver os problemas que apresentou sobretudo em Marrakech.
 
Massa fazia uma boa corrida na Arábia Saudita quando uma punição coletiva a uma série de pilotos – por conta de uso excedente ao permitido do sistema de regeneração de energia – atrapalhou. No Marrocos, Massa passou todo o dia com um problema de potência na Venturi. Foi inclusive como uma confusão com Nelsinho Piquet acabou se armando. 
Felipe Massa (Foto: Venturi)

Segundo Massa, a Venturi trabalhou e agora resta provar tudo aquilo que foi feito. 

 
"Não começamos a temporada tão bem quanto deveríamos, mas estamos em constante desafio para melhorar o que estamos fazendo. Buscamos soluções para resolver nossos problemas, e agora eu estou ansioso para testá-los na pista", disse.
 
Após provas em outras partes do mundo, Massa também comemorou a primeira corrida na América do Sul.
 
"Estou muito feliz em fazer essa parada na América do Sul. O Chile é um país que eu amo e sei que tenho muitos chilenos entre meus fãs. É uma fonte extra de motivação para mim", completou.
 
Além de Massa, o companheiro Edoardo Mortara também não pontuou no campeonato. Além de Virgin, NIO, Dragon e HWA também seguem zeradas na jornada 2018/19.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube