Audi anuncia fim de projeto oficial na Fórmula E e entrada no Dakar em 2022

A Audi mudou os rumos a partir de 2022. A montadora alemã vai largar o projeto oficial na Fórmula E no fim da temporada e focar em protótipos elétricos para o Dakar

A Audi anunciou, nesta segunda-feira (30), que vai competir no Dakar a partir de 2022, com um protótipo elétrico desenvolvido ao longo dos últimos anos e, com isso, vai abandonar o projeto de fábrica da Fórmula E a partir do fim da próxima temporada. De acordo com a marca, em um comunicado divulgado, a experência no rali mostra o comprometimento com o esporte a motor no futuro.

“O compromisso em diversas áreas do esporte a motor vai seguir como estratégia central da Audi. Queremos continuar mostrando o slogan da marca — ‘Liderar por tecnologia’ — em alto nível no automobilismo internacional no futuro e desenvolver inovações tecnológicas para nossos carros de rua. O mais difícil rali do mundo é o palco perfeito para isso”, afirmou Markus Duesmann, presidente do Conselho de Administração e Desenvolvimento Técnico da Audi.

A história da Audi com o rali, porém, não é novidade. A montadora alemã já foi uma das mais respeitadas na categoria, com muitas vitórias. Agora, no Dakar, pretende utilizar um protótipo elétrico, com bateria de alta-voltagem que pode ser carregada durante a condução através do motor TFSI.

Siga o GRANDE PRÊMIO nas redes sociais:
YouTube | Facebook | Twitter Instagram | Pinterest | Twitch | DailyMotion

Audi fez mistério sobre o protótipo elétrico que vai utilizar no Dakar a partir de 2022 (Foto: Audi Sport)

Na nota divulgada, a Audi diz que o objetivo é seguir o alto padrão mostrado no WEC e na Fórmula E. Nessa última, por sinal, a marca tem utilizado para desenvolver carros elétricos e já conseguiu até títulos na categoria.

Agora, no entanto, o projeto de fábrica será descontinuado no fim da temporada 2021. As unidades de potência desenvolvidas, no entanto, vão ser utilizadas por equipes que queiram pagar pelo serviço.

“A Fórmula E acompanhou a fase de transformação da Audi. Hoje, a mobilidade elétrica não é mais um sonho no futuro, mas algo do presente. É por isso que estamos dando um passo para o esporte a motor elétrico encarando condições extremas. As muitas liberdades técnicas que o Dakar oferece será o laboratório perfeito para nós”, declarou Duesmann.

A Audi está desde a primeira temporada da Fórmula E, com a equipe Abt. Desde a temporada 2017-2018, porém, assumiu como projeto de fábrica. O brasileiro Lucas di Grassi é o piloto oficial, ao lado de René Rast, e já foi campeão da categoria em 2017, além do título de construtores no ano seguinte.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Ouça os programas do GRANDE PRÊMIO no formato de podcast:
Anchor | Apple | Spotify | Google | Pocket Cast | Radio Public | Breaker

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube