Müller estreia na divisão principal da Porsche Carrera Cup com vitória e liderança do campeonato em Curitiba

Marçal Müller herdou a vitória na primeira prova e conseguiu mais um bom resultado na segunda corrida para, mesmo com a vitória de Werner Neugebauer, fechar a primeira etapa da Porsche Carrera Cup na liderança do campeonato

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

A Porsche Carrera Cup começou sua temporada de forma eletrizante. Neste sábado (24), boas disputas e acidentes marcaram a etapa de abertura da categoria em Curitiba. Melhor para Marçal Müller, que venceu a corrida 1 após um toque entre os líderes e deixou a capital paranaense na liderança do campeonato.

 
"Estou muito feliz. Tive uma evolução constante no fim de semana. Fiz uma boa classificação, com o terceiro tempo. No início da prova, priorizei em economizar os pneus, o que acho que me ajudou no fim. Dei sorte também que os dois primeiros se enroscaram, coisa de corrida. Quero fazer bons pontos, pensando sempre no campeonato", declarou o atual líder do certame.
Marçal Müller saiu de Curitiba líder da Porsche Carrera Cup (Foto: Victor Eleutério)

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Werner Neugebauer foi outro piloto que demonstrou bastante força, triunfando na segunda prova e passando bem perto disso também na primeira, quando se envolveu em uma batida com Lico Kaesemodel e ambos acabaram entregando o triunfo no colo de Marçal. 

 
"Todo o fim de semana foi bom, estávamos com um ritmo bom desde o início. Na classificação, foi por pouco. Eu e o Lico éramos os mais rápidos mesmo. A primeira corrida foi muito boa, mas foi uma pena. O campeonato vai ser decidido em poucos pontos. O quinto lugar na primeira corrida foi ótimo, foram bons pontos olhando o saldo geral. A segunda corrida, não tem o que falar. Ganhar é o melhor que a gente poder querer. Foi muito bom", festejou Neugebauer.
O pódio da segunda corrida da Porsche Carrera Cup (Foto: Bruno Terena)
A primeira corrida da Porsche Carrera Cup ainda teve um momento assustador. Na disputa pelo sexto lugar com Miguel Paludo, Eduardo Rocha Azevedo foi alavancado e decolou dando oito capotadas no ar até cair na grama. Por sorte, nada de mais grave aconteceu com o piloto, que passou pelo centro médico e por um hospital em Curitiba, mas foi prontamente liberado. 
 
Na Carrera Cup 3.8, Marcel Coletta tinha tudo para ter uma grande etapa saindo da pole e se mantendo na frente, mas abandonou ao tentar escapar do acidente de Rocha Azevedo. Melhor para o panamenho Marcus Vario, que triunfou na primeira prova, e para Vitor Baptista, que levou a segunda corrida.
 
"Primeiramente, queria agradecer à Porsche pela oportunidade de fazer parte do Junior Program. Fiquei muito orgulhoso em conseguir a vitória na primeira corrida. Me senti muito bem nos treinos. Não fui muito bem na classificação por conta de um problema. Mas consegui superar isso na primeira corrida. Queria agradecer a todos", falou o panamenho.
O grave acidente de Rocha Azevedo (Foto: Reprodução/YouTube)

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Na Porsche GT3 Cup, Sylvio de Barros dominou completamente o final de semana. Pole na primeira corrida, ele liderou de ponta a ponta e venceu. Na segunda, aumentou o grau de dificuldade: rodou na largada, mas escalou o pelotão e triunfou novamente. 

 
"Sabia que a segunda prova seria emocionante largando ali atrás, mas não que seria tanto. Foi incrível, o carro está fantástico. Consegui me divertir muito neste sábado, nem tenho o que falar", comemorou Barros.
Sylvio de Barros iniciou a temporada da GT3 Cup com tudo (Foto: Victor Eleutério)
A GT3 Cup 3.8, primeira das categorias, viu uma chegada bem apertada na corrida de abertura, com Chico Horta batendo Paulo Totaro por 0s163. Na segunda, foi Marco Billi quem bateu Totaro que, aliás, saiu de Curitiba líder do campeonato.
 
"Não tenho o pique da garotada, mas tenho constância. Então, vou lutar pelo campeonato. A ideia é manter a constância, conquistar pontos e, quem sabe, dá certo neste ano. Foi muito bom, a pista de Curitiba é muito legal, o carro é muito bom. Me deram um acerto perfeito. Só tenho a agradecer: minha família, o Dener Pires e o Renan – Guerra, coach", falou o líder da categoria.
 
A próxima etapa da Porsche Carrera Cup está marcada para 14 de abril no autódromo de Interlagos.
 
”RECOMEÇA A BRIGA”

MERCEDES COMEÇA TEMPORADA AINDA À FRENTE DA FERRARI

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube