2º, Rahal lamenta “amarela que anulou estratégia” e impediu vitória em Indianápolis

Graham Rahal tinha potencial para vencer em Indianápolis, mas a amarela que beneficiou Scott Dixon o jogou para o segundo lugar. Piloto é quinto colocado no campeonato

Graham Rahal voltou ao pódio da Indy após mais de um ano de ausência. A última ocasião que o piloto ficou no top-3 foi no Texas, em 2019. O #30 da RLL comemorou o segundo lugar no GP de Indianápolis, realizado neste sábado (4).

Rahal largou do quarto lugar e montou uma ousada estratégia de duas paradas, que o colocou à frente dos rivais Will Power e Jack Harvey, mas a bandeira amarela causada por Oliver Askew beneficiou muito Scott Dixon, que venceu a corrida.

“Acho que a estratégia foi perfeita com duas paradas. Ao sair da primeira no mesmo bolo do Power, Harvey e o resto dos caras da frente, segui pensando que quando parássemos de novo, teríamos uma vantagem de 25 ou 30 segundos. Quando a amarela veio, meio que anulou nossa estratégia porque todos ganharam um pit-stop extra”, comentou Rahal em entrevista coletiva virtual realizada após a corrida.

Graham Rahal está em quinto no campeonato (Foto: Indycar)

Graham conseguiu se manter em segundo até o fim da prova, mas não teve forças para ameaçar Scott, que tinha pneus em melhor estado e impôs um belo ritmo até a bandeira quadriculada, vencendo com 19 segundos de vantagem.

“Dixon tinha mais ritmo. Eu estava com pneus pretos, com alguns problemas, mas o carro foi ótimo. Todos trabalharam muito, uma pena para Spencer (Pigot) que estava na batalha também. Para nosso time, depois de Dallas, isso é ótimo para nós”, completou.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube