Bom desempenho nos treinos livres faz Kanaan falar em “melhor começo” da KV na Indy

Tanto Tony Kanaan, quanto Simona de Silvestro terminaram a sexta-feira no top-10 em São Petersburgo, o que deixou o brasileiro contente com relação ao futuro da KV

Simona de Silvestro foi a terceira colocada e Tony Kanaan, o sétimo. A forma apresentada pela KV no primeiro dia de treinos livres da temporada 2013 da Indy, em São Petersburgo, animou o piloto brasileiro, que chegou a dizer que este foi o melhor início da história da KV.

“Os dois carros estiveram entre os sete primeiros em todos os treinos, o que acho que é o melhor começo de temporada que a gente já teve”, falou o baiano em entrevista ao Grande Prêmio.

Tony Kanaan em ação nesta sexta-feira em São Petersburgo (Foto: Chris Jones/Indycar)

Esse crescimento é reflexo de uma preparação melhor e de testes de inverno considerados produtivos por Kanaan. “Hoje não conta nada, o que vai valer é amanhã, mas os testes de inverno foram muito bons e acho que a gente achou uma coisinha a mais para poder brigar por vitórias neste ano”, destacou.

Além disso, o fato de o grupo de trabalho estar definido desde setembro passado foi essencial para que o time chegasse mais forte para 2013. Em 2012, a KV contou com Kanaan e outros dois pilotos, Rubens Barrichello e EJ Viso, que assinaram relativamente tarde para correr pelo time. Somou-se a essa demora a necessidade de adaptação ao DW12, introduzido há um ano.

As informações em tempo real direto de São Petersburgo
As imagens da sexta-feira em São Petersburgo
A volta virtual em São Petersburgo
Especial Indy

“Ter três carros não afetou a performance da equipe. O que afetou é que era um carro novo, o meu engenheiro tinha acabado de entrar na equipe e o engenheiro do Rubens também. A gente não teve tempo durante o inverno para desenvolver o que a gente queria”, avaliou Tony. “Esse ano, o diferente é que já teve um ano inteiro com esse carro, a gente teve mais tempo e se organizou mais rápido. Deu para fazer as coisas com um pouco mais de calma”, acrescentou o piloto.

Para o treino classificatório deste sábado, Kanaan acredita que, diante do equilíbrio da categoria, o essencial será encontrar uma volta boa e se livrar do tráfego. “Eu estava ali olhando os gráficos e tem alguns pilotos que não estão entre os primeiros, mas porque não conseguiram colocar a volta inteira com os melhores setores. Vai ter que ter muita precisão para isso”, declarou.

O treino classificatório que definirá o grid de largada para o GP de São Petersburgo terá início às 15h40 (de Brasília) deste sábado. No ano passado, Kanaan largou em oitavo.

O Grande Prêmio acompanha ‘in loco’ a abertura da temporada 2013 da Indy, em São Petersburgo, com o repórter Renan do Couto

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube