Penske renova com trio atual e cogita Castroneves em quarto carro para 2021

Josef Newgarden, Will Power e Simon Pagenaud estão garantidos na Penske em 2021. Equipe estuda quarto carro e não descarta nova oportunidade para Helio Castroneves em temporada completa

O futuro de Helio Castroneves é um dos tópicos que cerca a edição 2020 da Indy 500. O brasileiro de 45 anos, três vezes vencedor da prova, tem o vínculo com a Penske próximo do fim, e analisa opções para retornar ao grid da categoria de forma integral.

Helio passou a competir apenas em Indianápolis em 2018, após deixar o grid para competir pela Penske no IMSA. No entanto, o brasileiro jamais escondeu o desejo de voltar aos monopostos, e recentemente ganhou sinal verde de Roger Penske para procurar vagas em 2021.

Porém, a própria equipe analisa a chance de um quarto carro na próxima temporada. Em entrevista ao jornal americano IndyStar, Roger falou sobre a relação e as chances do brasileiro, que larga na 28ª posição no dia 23.

Helio Castroneves no TL3 da Indy 500 2020 (Foto: IndyCar)

“Parte do contrato do Helio era para correr a Indy 500 conosco. Estes três anos estão acabando, é claro, mas dizer que ele pode não correr de novo na Indy seria errado. Ele é um dos melhores pilotos que já tive, ganhou a corrida três vezes e acho que tem uma boa chance neste ano, dada a velocidade que mostrou no treino, o segundo mais rápido”, declarou o dono.

“A porta não está fechada. Ele é nosso parceiro em algumas concessionárias e nossa relação vai muito além do que um cara assinando para pilotar um carro de corrida”, completou.

Penske também garantiu a renovação de contrato do atual trio, formado pelo campeão Josef Newgarden, Will Power e Simon Pagenaud. Será o quinto ano que os piloto s correm juntos.

Josef Newgarden largará de 13º. É o melhor carro da Penske (Foto: Indycar)

Ao Indystar, Helio também falou sobre as chances existentes de manter o vínculo com a Penske para 2021. O brasileiro está na equipe desde 2000.

“Obviamente está fora do meu controle, mas acredito que uma vitória ou um resultado impressionante pode gerar uma situação diferença. No momento, estou seguindo a dica que Roger e [Tim] Cincric nos deram, de procurar oportunidades”, comentou.

Quem também disputa uma possível vaga na Penske é o neozelandês Scott McLaughlin, bicampeão da V8 Supercars e que impressionou em testes realizados antes da pandemia. Ele chegou a ser confirmado para o GP de Indianápolis, que originalmente aconteceria em maio, mas o surto do coronavírus impediu a chegada do piloto de 27 anos.

As 500 Milhas de Indianápolis acontecem no próximo dia 23.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube