VÍDEO: Com “vontade de dançar no casamento”, Wickens surpreende noiva e fica em pé 6 meses após acidente

Robert Wickens vem buscando se recuperar do acidente que sofreu em Pocono, na temporada de 2018 da Indy, e sempre divulga vídeos dos trabalhos que faz para recuperar completamente o movimento de seus membros. Nesta quarta-feira (20), porém, o vídeo que mostrou em seu Twitter foi um pouco diferente: uma surpresa que fez para a noiva Karli Woods

Na última terça-feira (19), foram completados exatos seis meses do fortíssimo acidente que Robert Wickens, piloto da SPM, sofreu em Pocono, durante a temporada 2018 da Indy

Desde então, ele vem publicando em redes sociais momentos de sua recuperação: por exemplo, do primeiro momento em que conseguiu levantar e dar alguns passos em sessão de fisioterapia, ou das pequenas 'caminhadas' que dá com ajuda de bastão e de um enfermeiro.

Mas, nesta quarta, ele provavelmente publicou o vídeo mais emocionante deste seis meses de luta. Ao receber a visita de sua noiva Karli Woods em Denver, nos EUA, o canadense a surpreendeu e levantou para poder dar um abraço nela, em pé, pela primeira vez desde o acidente.

Ele também revelou que usa como motivação o fato de que tem casamento marcado para setembro deste ano em sua recuperação, para poder dançar com a noiva no dia.

"Ontem se completaram seis meses do meu acidente. Eu sabia que poderia fazer isso há umas duas semanas, mais ou menos, mas eu queria supreender Karli. Uma das minhas metas é dançar em nosso casamento em setembro. (Conseguir levantar e abraçá-la) Foi um gigante ganho de confiança de que meu objetivo pode se tornar realidade", escreveu Wickens.

Robert Wickens faz fisioterapia e recebe estímulos elétricos nas pernas em Indianápolis (Foto: Reprodução)

Sua noiva também publicou o vídeo e se emocionou: "Quando cheguei em Denver ele me surpreendeu assim. Como você pode ver no vídeo, eu não escondi minha admiração. É a primeira vez que ele me abraça em pé em seis meses!"

Por consequência do grave acidente sofrido em Pocono, Robert sofreu fraturas no pescoço, na coluna vertebral torácica, tíbia e fíbula das duas pernas, nas duas mãos, antebraço direito, cotovelo, em quatro costelas, além de uma contusão pulmonar. Agora, o piloto busca reverter a paraplegia da qual sofre.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar