Villeneuve chama Indy 500 de “competição mais difícil” e crê que Alonso e McLaren “aprenderam a lição”

Jacques Villeneuve foi mais um a criticar a McLaren e Fernando Alonso pela eliminação no Bump Day da Indy 500, mas crê que ambos aprenderam a lição na "corrida mais difícil"

Desde que deixou os principais campeonatos do mundo, Jacques Villeneuve tem como sua marca registrada dar opinião sobre tudo e ser bastante ácido. Desta vez, porém, ao comentar a eliminação de Fernando Alonso no Bump Day da Indy 500 2019, o canadense não pegou pesado, mas deu a entender que viu McLaren e Alonso subestimando a competição.
 
Jacques falou da escolha da McLaren de fazer um voo solo na Indy 500, em uma aliança nada eficiente com a Carlin e vê uma falha de planejamento grande aí.
 
"Estou certo de que essa eliminação vai servir de lição para todo mundo. É provavelmente a competição mais difícil e eles quiseram enfrentar o desafio sozinhos", disse o canadense.
Jacques Villeneuve na Indy 500 2014 (Foto: IndyCar)

Villeneuve também falou da opção da McLaren e do próprio Alonso se correrem apenas a Indy 500 no calendário e, apesar do fracasso em 2019, apoia a ideia do espanhol ir somando provas importantes para a carreira.

 
"Você precisa se preparar de forma apropriada, é complicado você se preparar para um negócio desse tamanho com apenas uma corrida no ano. De todo modo, sei que o Alonso não conseguiu bater recordes na F1, mas dá para tentar ganhar de tudo um pouco", completou.
 
Campeão do mundo na F1 em 1997, o canadense também foi campeão da Indy e venceu a Indy 500 em 1995 pela Green, a Andretti. Villeneuve esteve na Indy 500 pela última vez em 2014, chegando em 14º com a Schmidt Peterson.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube