“Não estava sabendo que era uma corrida clandestina”, diz prefeito de Carpina

Prefeito da cidade de Carpina reconheceu que a prefeitura autorizou a realização da corrida nas ruas da cidade, porém, mostrou desconhecer as exigências para a realização de uma disputa em um circuito de rua

icon_gp AMK Viagens faz pacote especial para GP da Itália em Monza

A Prefeitura de Carpina, por meio do prefeito Carlos Vicente de Arruda Silva, confirmou que autorizou a realização da corrida de kart na qual morreu o piloto Fernando Lopes, 32, no último domingo (2). Em entrevista ao jornal ‘Diário de Pernambuco’, o mandatário, contudo, demonstrou desconhecer as exigências do Código de Trânsito Brasileiro.

“Não demos apoio por assim dizer. Liberamos o espaço porque eles disseram que tinham uma autorização da associação pernambucana de kart”, revelou Vicente. “Não estava sabendo que era uma corridaclandestina”, acrescentou.

icon_allkart Confira a matéria completa sobre a tragédia de Carpina no Allkart.net

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube