Torres conquista pole da corrida 1 do GP da França da MotoE. Granado é 9º

Com 1min43s843, único piloto a ficar na casa de 1min43s, o espanhol conseguiu a primeira pole do ano. Líder da classificação, Matteo Ferrari sai em segundo, com Mike Di Meglio fechando a primeira fila

Jordi Torres tratou de ficar com a pole-position da corrida 1 do GP da França da MotoE. Neste sábado (10), o piloto tratou de anotar 1min43s843 para assegurar a posição de honra do grid, a primeira da carreira. O espanhol foi o único na casa de 1min43s.

Atual líder da classificação, Matteo Ferrari tentou bater o terceiro colocado do campeonato, mas teve de se contentar com o segundo posto com marca 0s329 inferior. Mike Di Meglio fechou a primeira fila de largada.

Jordi Torres conseguiu a primeira pole da carreira (Foto: Reprodução)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram.

Josh Hook é quem abre a segunda fila em Le Mans, enquanto Dominique Aegerter, vice-líder da temporada, é o quinto. Stefano Canepa completa o rol dos cinco mais velozes da classificação da categoria elétrica. Eric Granano larga em nono.

GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades do GP da França, décima etapa do Mundial de Motovelocidade 2020.

Saiba como foi a classificação da corrida 1 da MotoE na França

A MotoE foi a primeira das classes a ir para a pista para a classificação do sábado. Quando a categoria elétrica deixou os boxes, o céu estava aberto e temperatura chegando aos 15ºC e o asfalto batendo 20ºC. O vento soprava a 10 km/h.

O primeiro a ir para a pista, Lucas Tulovic anotou a marca de 1min46s497. Entretanto, Xavi Cardelús logo foi ao traçado e tratou de superá-lo em 0s446 para ficar com a pole-position virtual da corrida 1.

A medida que os pilotos davam seus giros rápidos, os tempos caíam em Le Mans. O nome a ser batido era de Alejandro Medina com 1min44s656. María Herrera, Cardelús, Alessandro Zaccone e Tulovic eram os cinco primeiros.

A liderança da sessão mudou apenas quando Dominique Aegerter foi para a pista. O atual vice-líder da classificação anotou 1min44s503 e saltou para a ponta com um tempo 0s153 inferior ao do segundo colocado Medina. Eric Granado se colocou em terceiro.

Mais da metade dos pilotos já havia estabelecido suas colocações e a pole-position provisória passou para as mãos de Jordi Torres, único na casa de 1min43s. Josh Hook se colocou na segunda posição e também superou Aegeter.

A sessão chegava à reta final sem grandes problemas. Nenhum piloto conseguia bater a marca estabelecida pelo espanhol da Pons. Matteo Ferrari, líder do campeonato, ficou entre os últimos para a volta cronometrada e com 1min44s172, estava em segundo. Hook, Aegerter e Stefano Canepa fechavam o top-5.

Postulante ao título, quando Mattia Casadei foi para o traçado sofreu um verdadeiro revés. Quando entrou na curva 12, acabou levando um tombo e não conseguiu anotar tempo. Pouco depois, foi a vez de Alex de Angelis também ir ao chão.

Com a bandeira quadriculada, Torres garantiu a primeira pole-position da carreira, com Ferrari largando na segunda posição. Mike De Meglio completa a primeira fila de saída, enquanto Granado larga na nona colocação.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube