Antes de anúncio oficial, ministro da Tailândia afirma que MotoGP está adiada

Anutin Charnvirakul, ministro de saúde pública da Tailândia, ‘furou’ FIM e Dorna ao afirmar que as corridas do Mundial de Motovelocidade em Buriram serão adiadas. O motivo é o coronavírus, que já forçou cancelamento no Catar

Menos de 24h após o cancelamento do GP do Catar de MotoGP, o GP da Tailândia fica na iminência de ao menos um adiamento por conta do coronavírus. Anutin Charnvirakul, que combina os postos de vice-primeiro-ministro e ministro de saúde pública no país, afirmou que as corridas do Mundial de Motovelocidade, originalmente previstas para 22 de março, serão adiadas.
 
“Não digo que está cancelado, só digo que está adiado até que o tempo nos permita [realizar o evento]”, disse Charnvirakul, perguntado pela agência ‘AFP’. “É por causa do coronavírus. Precisamos adiar até segunda ordem. Precisamos ir de acordo com as circunstâncias globais e isso é algo que segue os interesses da nação, assim como dos envolvidos”, seguiu.
 
A postura de FIM (Federação Internacional de Motociclismo) e da promotora Dorna ainda é de confirmar a corrida na Tailândia. A situação, entretanto, pode mudar rapidamente. A corrida no Catar estava confirmada, mas caiu apenas uma semana antes da realização.
O GP da Tailândia da MotoGP será adiado por conta do coronavírus (Foto: Yamaha)

A corrida em Buriram está marcada para ser a segunda de 2020. O problema é que a disputa coincide justamente com um momento de tensão pelo coronavírus no sudeste asiático. São 43 infecções oficiais na Tailândia, com uma delas resultando em morte. O país ao menos tem boa taxa de recuperação, com 31 dos infectados já considerados curados.

 
O adiamento iminente da Tailândia faria o campeonato 2020 da MotoGP começar apenas em abril, no GP das Américas, em Austin. Moto2 e Moto3, que já estavam presentes no Catar, vão realizar corridas normalmente em Losail.
 
Paddockast #50
GRANDES PROMESSAS QUE NÃO VINGARAM

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube