carregando
MotoGP

Após conversa com Iannone, Lorenzo vê inocência em caso de doping: “Me convenceu”

Em uma postagem no Instagram, Jorge Lorenzo afirmou que acredita na inocência de Andrea Iannone no caso do doping. Piloto espanhol disse torcer para que o italiano logo possa voltar às pistas

Grande Prêmio / Redação GP, de São Paulo
Jorge Lorenzo não cansa de surpreender. Agora aposentado da MotoGP, o #99 saiu em defesa de Andrea Iannone e disse acreditar na inocência do piloto da Aprilia no caso de doping. O #29 foi suspenso pela FIM (Federação Internacional de Motociclismo) por 18 meses.
 
Em novembro passado, Iannone testou positivo para uma “substância não especificada nos termos da seção 1.1.a) esteroides androgênicos anabólicos exógenos (AAS)” em um exame feito no fim de semana do GP da Malásia. A defesa pediu a contraprova, que confirmou o doping do italiano
 
No exame de urina, foi detectado o esteroide anabolizante injetável drostanolona, derivado do DHT.  É muito comum no fisiculturismo por ser eficaz no crescimento muscular.
Jorge Lorenzo saiu em defesa de Andrea Iannone (Foto: Reprodução/Instagram)
Paddockast #59
DUPLA IMPLACÁVEL: Daniel Serra e Ricardo Maurício

Ouça:
Spotify | iTunes | Android | playerFM

Desde o início, a defesa alega que a droga entrou no sistema de Iannone por meio do consumo de carne animal durante os dias em que passou na Ásia, entre os GPs da Tailândia e da Malásia. Além dele, outros oito pilotos foram testados em Sepang ― Romano Fenati, Ai Ogura, Marcos Ramírez, Remy Gardner, Joe Roberts, Xavi Vierge, Jorge Lorenzo e Marc Márquez ―, todos com resultado negativo.
 
Ainda que tenha considerado válidas as provas científicas que atestaram ingestão de carne contaminada, a FIM decidiu pela punição de 18 meses, mesmo reconhecendo ter se tratado de doping involuntário.
 
Agora, a única alternativa de Iannone é recorrer à Corte Arbitral do Esporte para tentar reverter a suspensão.
 
Lorenzo, porém, foi convencido por Iannone após um encontro em Lugano, na Suíça. Vale destacar que, desde o dia 27 de abril, as medidas de combate ao coronavírus estão sendo gradualmente relaxadas no país.
 
“Todos são seus amigos quando as coisas vão bem, mas muitos desaparecem quando você tem problemas”, escreveu Lorenzo no Instagram. “Não me considero amigo de Andrea Iannone e nunca tinha postado uma foto com ele. Então, talvez porque eu sempre gostei de ser do contra, não vejo melhor momento para isso que hoje, quando, seguramente, ele mais precisa”, continuou.
 
“Ontem nós fomos dar um passeio pelo lago e conversamos um pouco. Nós rimos recordando algumas anedotas e também perguntei a ele sobre o assunto. É claro que a verdade só ele sabe, mas ao ouvi-lo, o vi sereno, seguro e seus argumentos me convenceram. Como todos, seguramente Andrea cometeu erros no passado, mas acho que desta vez, o “erro” não foi voluntário”, contou. 
 
Por fim, Jorge manifestou a torcida para que o titular da Aprilia logo possa voltar às pistas e reforçou que o talento do italiano já foi comprovado.
 
“Espero e desejo que ele logo seja considerado livre para praticar o que melhor ele sabe fazer. No fim, você pode gostar mais ou menos do “personagem” dele, mas está claro que o cara tem talento e velocidade. E, como disse ontem: ‘o talento não se compra e nem se esquece’”, concluiu.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Todos son amigos tuyos cuando las cosas te van bien, pero muchos desaparecen cuando tienes problemas. No me considero amigo de Andrea Iannone y nunca había subido una foto con el. Así que, quizá porque siempre me ha gustado llevar la contraria, no veo mejor momento que hacerlo hoy, cuando seguramente mas lo necesite. Ayer fuimos a dar una paseo por el lago y charlamos un rato. Nos reímos recordando algunas anécdotas y también le pregunte por su tema. Lo cierto es que la verdad solo la sabe el, pero al escucharle lo ví sereno, seguro y sus argumentos me convencieron. Como todos, seguramente Andrea haya cometido errores en el pasado, pero creo que esta vez el “error” no ha sido voluntario. Así que espero y deseo que pronto se le considere libre de practicar lo que mejor sabe hacer. Al final, su “personaje” te puede gustar más o menos pero esta claro que el chico tiene talento y velocidad. Y como dije ayer: “El talento ni se compra ni se olvida”. - They are all friends of yours when things go well, but many disappear when you have problems. I do not consider myself a friend of Andrea Iannone and I have never uploaded a picture with him. So, perhaps because I have always liked do the opposite, I don't see a better time than doing it today, when surely he need it the most. Yesterday we went for a walk on the lake and chatted for a while. We laugh remembering some anecdotes and I also asked him about his issue. He is the only one who knows the truth, but when I was listening to him I saw him serene and his arguments convinced me. Like everyone, surely Andrea has made mistakes in the past, but I think this time the “mistake” was not voluntary. So I hope and I wish that sooner than later he’ll be considered free to practice what he does best. In the end, you may like his "character" or not but it is clear that the boy has talent and speed. And as I said yesterday: "Talent is neither bought nor forgotten."

Uma publicação compartilhada por JORGE LORENZO (@jorgelorenzo99) em



Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.