Aposentado, Lorenzo fala em voltar ao paddock: “Ainda não sei em que função”

Jorge Lorenzo mal pendurou o capacete e já está pensando em voltar ao paddock da MotoGP. O espanhol garantiu que seguirá ligado ao Mundial de Motovelocidade, mas ainda não sabe em que função


Jorge Lorenzo mal se despediu da MotoGP e já está pensando em voltar. Após curtir férias em Bali, o #99 confirmou que seguirá ligado ao Mundial de Motovelocidade, mas ainda não definiu em qual função.
 
“Claro, voltarei ao paddock, mas ainda não sei em que função”, disse Lorenzo em entrevista à emissora austríaca Servus TV. “Nós, definitivamente, estamos trabalhando nisso, talvez eu possa falar em breve sobre isso”, seguiu. 
Jorge Lorenzo curtiu férias em Bali após anunciar a aposentadoria (Foto: Reprodução)
Paddockast #46
OS 10 MELHORES PILOTOS DA DÉCADA

Ouça:

Spotify | iTunes | Android | playerFM

De acordo com a revista inglesa ‘Autosport’, Lorenzo tem uma proposta da Yamaha para atuar como piloto de testes. Tricampeão pelo time dos três diapasões, Jorge passou a maior parte da carreira na MotoGP em cima da YZR-M1.
 
A casa de Iwata introduziu neste ano uma equipe de testes europeia, com Jonas Folger contratado para testar. Na parte final do ano, porém, a Yamaha dispensou o germânico e, depois, falou em manter o programa apenas com os pilotos japoneses, com a equipe de testes passando para o comando de Silvano Galbusera, que foi substituído por Valentino Rossi. 
 
A Yamaha chegou a oferecer a vaga de piloto de testes a Johann Zarco, mas, depois de idas e vindas, o #5 acabou fechando com a Ducati para correr com a Avintia em 2020.
 
Aposentado, Lorenzo celebrou a chance de aproveitar a liberdade, mas ressaltou que foi feliz em sua profissão. 
 
“Eu viajei muito, por 17 anos da minha vida, sempre nos mesmos hotéis, nas mesmas pistas, nos mesmos lugares, fazendo as mesmas coisas”, apontou. “Teve muito prazer, tiveram muitas lesões. E sempre terá o desejo de dar o melhor, até mesmo nos treinos”, defendeu. 
 
“Eu realmente sempre me vi como uma pessoa feliz com o que eu podia fazer, o que eu amava e onde fui bem sucedido”, comentou. “Mas quando você tem a oportunidade de viver um pouco mais livremente e de maneira calma, como posso agora, você naturalmente tira vantagem disso e curte não ter pressão e ver o que a vida traz”, concluiu.
 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar