Domínio e crise: “Ducati e Honda vivem espectros opostos na MotoGP”, vê Ju Tesser

No GP às 10, Juliana Tesser avalia a primeira metade da temporada 2023 da MotoGP e comenta que, enquanto tudo caminha bem para a Ducati, a Honda atravessa um momento tumultuado, não só pelas deficiências da RC213V, mas pela própria relação com Marc Márquez

Ducati e Honda concluíram a primeira parte da temporada 2023 da MotoGP em espectros opostos. Enquanto a montadora de Borgo Panigale nada em mar calmo, liderando as disputas de pilotos e construtores, a rival de Hamamatsu sofre com a moto, com uma série de lesões e ainda começa a ver rachaduras no que parecia ser uma relação sólida com Marc Márquez.

No GP às 10, Juliana Tesser comenta o cenário da MotoGP na primeira parte do campeonato e considera que as duas marcas vivem um cenário completamente oposto na classe rainha do Mundial de Motovelocidade.

Relacionadas


▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

A MotoGP agora entra em férias e volta à ativa apenas entre os dias 4 e 6 de agosto para o GP da Grã-Bretanha, em Silverstone. O GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades do Mundial de Motovelocidade 2023.

Chamada Chefão GP Chamada Chefão GP 🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da MotoGP direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.