Dovizioso celebra quinto pódio na temporada e faz “tributo” a Stoner: “Performance brilhante”

Andrea Dovizioso conquistou seu quinto pódio na temporada neste domingo (19) ao completar GP de Indianápolis na terceira colocação. Italiano vê pódio como confirmação de ótimo trabalho da Tech 3 e destaca desempenho do lesionado Casey Stoner

Andrea Dovizioso iniciou o ano disposto a recuperar uma vaga em um time de fábrica e tem feito por merecer. Neste domingo (19) o italiano conquistou seu quinto pódio na temporada pela satélite Tech 3 ao cruzar a linha de chegada de Indianápolis na terceira colocação, 17s310 atrás de Daniel Pedrosa, o vencedor.

“Este pódio é, mais uma vez, a confirmação no nosso ótimo trabalho como equipe e eu estou realmente orgulhoso do suporte que recebo do meu time na Tech 3”, comemorou. “Para nós, um pódio é sempre como uma vitória e, é claro, eu estou muito feliz, mas acho que ainda podemos melhorar”, ponderou.
 

Dovizioso conquistou seu quinto pódio na temporada de 2012 da MotoGP (Foto: Tech 3)


Mesmo satisfeito com o resultado, Andrea reconheceu que não esperava ter um ritmo tão forte no circuito norte-americano. O piloto acredita que, se não tivesse ficado preso no meio da fumaça no momento em que o motor da Yamaha de Ben Spies explodiu, poderia ter completado a prova mais próximo de Jorge Lorenzo, o segundo colocado.

“Honestamente, eu não esperava ser forte nesta pista. Infelizmente, não pude forçar o tanto quanto gostaria no inicio da corrida, então eu perdi um pouco de tempo e não pude ficar com os lideres”, lamentou. “Depois, quando Ben teve a quebra no motor, fiz metade da reta tentando ver no meio da fumaça e eu não tinha certeza se tinha óleo nos meus pneus, então eu perdi alguns décimos importantes. Talvez a posição não pudesse ter sido melhor, mas a diferença, certamente, seria menor para o Dani e para o Jorge.”

“Não estou completamente satisfeito porque eu não estava tão consistente quanto esperava, mas estar no pódio é ótimo e uma excelente recompensa para o nosso trabalho duro”, continuou.

Por fim, Dovi enalteceu a performance de Casey Stoner. O australiano disputou a prova deste domingo com fraturas e ligamentos rompidos no tornozelo direito após um forte acidente na sessão classificatória.

“Também quero prestar um tributo ao Casey hoje porque ele teve uma performance brilhante. Fisicamente ele não estava em sua melhor forma, mas ainda assim foi muito difícil batê-lo”, ressaltou. “Agora vamos para Brno com muita confiança e estou otimista de que o pódio seja uma meta realista”, finalizou.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube