Equipe médica de Sepang libera Lorenzo para disputar GP da Malásia após ausência em três etapas

Jorge Lorenzo recebeu o aval que precisava para voltar às pistas em Sepang. O espanhol, que passou por cirurgia no punho esquerdo, vai tentar participar normalmente do GP da Malásia – isso se a dor não voltar a ser um problema

Jorge Lorenzo vai, de fato, voltar à ativa na MotoGP. O piloto espanhol foi liberado pela equipe médica do autódromo de Sepang na manhã desta quinta-feira (1º), significando que a participação nas atividades do fim de semana do GP da Malásia está liberada.
 
Lorenzo, assim, volta a competir após ausência em três etapas da categoria por conta de uma fratura no punho esquerdo. O trauma foi consequência de um acidente na Tailândia. Na sequência, a necessidade de cirurgia significou ausência também nas etapas do Japão e da Austrália. A operação de Jorge aconteceu há pouco mais de uma semana, o que ainda levanta dúvidas sobre a real capacidade do espanhol de competir na Malásia – tanto que Michele Pirro, piloto reserva, está de prontidão para assumir caso Lorenzo opte por desistir de correr.
 
“Só se passaram oito dias desde que operei o ligamento do meu punho esquerdo, mas estou me sentindo um pouco melhor”, disse Lorenzo. “Com certeza, a operação é bem recente e, assim, teremos de esperar até eu subir na moto para ver como o punho responde e se eu ainda tenho muita dor ao pilotar. Não pude treinar nos últimos dias e o circuito de Sepang é bastante desafiador, então este não é exatamente um cenário ideal para voltar à pista”, concluiu.
Jorge Lorenzo está liberado para correr em Sepang (Foto: Divulgação/MotoGP)
A volta às pistas demorou mais do que inicialmente se imaginava. O espanhol deixou a Tailândia com lesão, mas sem suspeita de fratura. Novos exames apontaram uma quebra incompleta do rádio, osso do antebraço, o que significou insucesso na tentativa de voltar às pistas já no GP do Japão. Com dor intensa, o espanhol precisou se submeter à cirurgia.
 
As etapas da Malásia e de Valência são as últimas da passagem de Lorenzo pela Ducati. O espanhol, nono no campeonato com três vitórias, está de contrato assinado com a Honda para substituir Dani Pedrosa e formar dupla com Marc Márquez.
 
O GP da Malásia acontece neste fim de semana, em 4 de novembro.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube