Quartararo celebra 2º no grid em Austin, mas se queixa de pneus macios na classificação

Fabio Quartararo novamente conseguiu tirar o máximo da Yamaha e garantiu um lugar na primeira fila do grid para o GP das Américas, em Austin. Mesmo assim, não saiu 100% satisfeito com o resultado

Fabio Quartararo segue em grande fase na reta final da MotoGP 2021. Mesmo sem o melhor ritmo, o francês conseguiu a segunda posição no grid para o GP das Américas e vai marcar de perto Francesco Bagnaia, seu grande rival na briga pelo título, em Austin.

O piloto da Yamaha voltou a lamentar a falta de ação dos pneus macios em voltas rápidas na classificação, algo que já tinha sido motivo de queixas nas últimas etapas, em Aragão e Misano.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Fabio Quartararo em ação na classificação em Austin (Foto: Yamaha)

“É ótimo estar na primeira fila, mas estou com dificuldade para dar aquele passo extra na classificação com o pneu macio. Vamos tentar entender o motivo”, contou Quartararo. “Estou muito feliz, pois não me senti muito bem durante os treinos, mas fui para cima na classificação”, seguiu.

Com a boa colocação no grid de largada em Austin, Quartararo espera brigar pela vitória ou pelo menos evitar uma grande perda de pontos para Bagnaia. Depois deste domingo, vão restar apenas três corridas para o fim da temporada.

“É sempre ótimo começar na primeira fila. Vamos ver o que poderemos fazer amanhã”, comentou. “Nosso ritmo não é tão mal. Veremos qual pneu vamos usar”, disse.

A largada do GP das Américas de MotoGP, em Austin, acontece no domingo (3), às 16h (de Brasília). O GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades do Mundial de Motovelocidade 2021.

VEJA TAMBÉM
Fatos e curiosidades do GP das Américas de MotoGP
Limite de idade e até mais potência: pilotos dão ideias para combater mortes de crianças

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar