FIM se une à FIA e passa a exigir painéis luminosos nos circuitos da MotoGP em 2022

A partir de 2022, todos os circuitos que recebem o Mundial de Motovelocidade e a Fórmula 1 terão de contar com painéis luminosos que servem para transmitir informações aos pilotos

A MotoGP contará como uma mudança importante em termos de segurança a partir da temporada 2022. A FIM (Federação Internacional de Motociclismo) anunciou nesta quinta-feira (26) uma parceria com a FIA (Federação Internacional de Automobilismo) para garantir que painéis luminosos de alta tecnologia sejam obrigatórios nos circuitos que recebem o Mundial de Motovelocidade e a Fórmula 1. A partir do ano seguinte, o item será mandatório também em traçados que recebem os Mundiais de Superbike e Endurance das duas entidades.

“Esses painéis luminosos podem ser operados pela direção de prova ou por fiscais na beira da pista e são usados tradicionalmente para exibir informações cruciais aos competidores, incluindo informações relacionadas às bandeiras, clima e safety-car”, explicou a FIM em nota. “Atualmente na F1, o promotor do campeonato é responsável por transportar esses painéis para cada uma das corridas, mas aí os remove, o que significa que outros esses nesses circuitos não têm acesso a essa tecnologia de segurança. Essa nova exigência significa que todo campeonato competindo nesses circuitos terão acesso a tecnologia de segurança no nível da F1”, seguiu.

GP da França, MotoGP 2020, Le Mans, Corrida
Em Le Mans, os pilotos já tinham pedido o uso desses painéis de luz (Foto: SRT)


Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram.

Pela determinação desta quinta-feira, os circuitos de grau 1 da FIA que compõem o calendário da F1 terão de instalar painéis na especificação T1, quanto que os traçados nos calendários de MotoGP, WSBK, e Endurance podem usar T1 ou T2. A FIA vai exigir painéis T2 para o Mundial de Endurance a partir de 2023 e T4 para os demais traçados que recebem categoria FIA a partir de 2024.

“Esses painéis serão submetidos a testes rigorosos no laboratório do Instituto Federal de Metrologia, na Suíça, onde serão examinados em condições variadas, incluindo chuva e luz solar direta”, explicou a FIM.

Franck Vayssié, diretor da Comissão de Circuitos da FIM, celebrou a colaboração entre as duas entidades.

“A FIM e a FIM compartilham laços fortes em termos de segurança e essa colaboração os fortalece ainda mais”, comentou Vayssié. “Tornar esses painéis luminosos obrigatórios para os circuitos FIM que recebem MotoGP, Superbike e Mundial de Endurance vai ajudar a garantir o mais alto nível de segurança para todas as categorias que correm nestas pistas de alto nível”, completou.

Diretor de segurança de pista e de rali da FIM, Stuart Robertson destacou que a parceria facilita o acesso às mais modernas tecnologias de segurança.

“Este é outro importante passo na colaboração entre a FIA e a FIM em termos de segurança de circuito. Isso vai garantir que todos os campeonatos que correm nesses circuitos de nível top possam ter acesso às mais modernas inovações de segurança”, encerrou.

LEIA TAMBÉM
Crutchlow tem temporada 2020 de tropeços, mas deixa MotoGP de cabeça erguida
O ano da pandemia: as notas e os fatos da temporada 2020 da MotoGP
Saída de Rossi do time de fábrica da Yamaha encerra capítulo dos mais belos da MotoGP
Dovizioso fecha capítulo Ducati em baixa e com sonho distante de voltar à MotoGP

https://open.spotify.com/episode/56EWZtjjXZerTSc5mEGdpr?si=dXJwGloaQQ6ZEGdY1gUInQ&nd=1

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar