Rodrigo anota pole da Moto3 em 1-2 da Gresini na Catalunha. Acosta é só 25º

Gabriel Rodrigo novamente andou forte em Barcelona, não deu chances para os rivais e garantiu a pole-position para o GP da Catalunha. Jeremy Alcoba e Niccolò Antonelli fecham a primeira fila. Já Pedro Alcoba, líder do campeonato, não passou do 25º lugar

MotoGP preparou vídeo com imagens da carreira em tributo a Jason Dupasquier (Vídeo: MotoGP)

Assistir a classificação da Moto3 é não saber quem ficará com a pole-position até os últimos segundos. No GP da Catalunha, porém, foi um pouco diferente: Gabriel Rodrigo voltou a mostrar muita força na pista espanhola e garantiu a pole-position com certa facilidade, marcando 1min47s597. O argentino ainda ponteou o 1-2 da Gresini.

Jeremy Alcoba, companheiro de Rodrigo, ficou com a segunda posição no grid, a 0s317. Niccolò Antonelli melhorou na volta final e ficou em terceiro, fechando a primeira fila em Barcelona.

Stefano Nepa, Izan Guevara, John McPhee, Darryn Binder, Tatsuki Suzuki, Jaume Masià e Ricardo Rossi completam o top-10 no GP da Catalunha.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram.

Gabriel Rodrigo ficou com a pole em Barcelona (Foto: Gresini)

LEIA TAMBÉM
⇝ Itália contrasta melhor e pior do esporte e evidencia força extraordinária de pilotos
⇝ Rins abusa de quedas em momentos cruciais e sai da briga pelo título da MotoGP
⇝ Vale tudo no amor e na guerra? Tática de Marc Márquez causa polêmica na Itália

Pedro Acosta, líder absoluto do campeonato, não teve o melhor dos dias em Barcelona. O piloto da Red Bull KTM Ajo andou mal nos treinos, não teve bom desempenho também no Q1 e larga apenas na 25ª posição, fechando a penúltima fila do grid.

A largada para o GP da Catalunha, sétima etapa da temporada 2021 da Moto3, acontece neste domingo (6), às 6h20 (de Brasília). Acompanhe a cobertura do GRANDE PRÊMIO sobre o Mundial de Motovelocidade.

McPhee faz melhor tempo e vai ao Q2 com Artigas, Masià e Rossi

Com o céu parcialmente nublado, a Moto3 entrou na pista para a primeira fase da classificação com uma tarde de calor. Os termômetros mediam 27°C no ambiente, com o asfalto chegando a 44°C. A velocidade do vento era de 10 km/h.

Sergio García abriu a sessão na ponta de tabela com 1min49s090, 0s267 melhor que John McPhee. Jaume Masià e Yuki Kunii formavam o top-4, com Andrea Migno aparecendo 0s141 abaixo da linha de corte para a fase seguinte da classificação.

Pedro Acosta têm sido presença frequente no Q1 da classificação da Moto3 (Vídeo: MotoGP)

No giro seguinte, McPhee tomou a ponta com 1min48s875, com Garcia, Masià e Migno vindo logo atrás. Kunii caiu para quinto, enquanto Pedro Acosta, o líder do Mundial, era apenas o nono. 0s868 atrás de John.

Na hora da primeira rodada de pit-stops, McPhee, García, Masià e Migno ainda eram os provisoriamente aprovados para a fase seguinte, com Kunii encabeçando a lista dos barrados por só 0s050.

De volta à pista, Xavier Artigas avançou para a segunda colocação, 0s373 mais lento que McPhee. García caiu para a terceira posição, à frente de Masià, com Kunii ainda liderando a lista dos eliminados na primeira fase da classificação.

John McPhee cravou o melhor tempo no Q1 em Barcelona (Vídeo: MotoGP)

Com cerca de 46s para o fim da sessão, Migno caiu na curva 5, definindo que não seria ele o piloto a avançar para o Q2.

Com a bandeira quadriculada tremulando no traçado catalão, Masiá melhorou para garantir o terceiro posto, com Riccardo Rossi surgindo em terceiro, 0s471 atrás do líder McPhee.

Assim, McPhee, Artigas, Masià e Rossi vão ao Q2. García larga em 19º, seguido por Kunii, Migno, Ryusei Yamanaka, Daniel Holgado e Lorenzo Fellon. Pedro Acosta vai sair apenas em 25º, seguido por Andi Farid Izdihar, Takuma Matsuyama e Elia Bartolini.

Líder do Mundial, Pedro Acosta vai largar só em 25º (Vídeo: MotoGP)

Rodrigo confirma favoritismo e garante dobradinha da Gresini com Alcoba

Como tradicionalmente acontece, a fase final da classificação da Moto3 foi um jogo de espera, com vários pilotos aguardando a saída de Gabriel Rodrigo, o mais rápido do fim de semana, aguardando para segui-lo para a pista.

Izán Guevara foi o primeiro a ocupar a pole provisória, mas logo deu lugar a Kaito Toba, que anotou 1min48s860. 0s013 melhor que Tatsuki Suzuki, o segundo colocado.

Rodrigo, então, foi a 1min48s257 e tomou a liderança, 0s128 melhor que McPhee. Masià subiu para terceiro, diante de Niccolò Antonelli e Romano Fenati.

Gabriel Rodrigo e Jeremy Alcoba formaram 1-2 da Gresini no grid catalão (Vídeo: MotoGP)

Depois de uma rodada de paradas, os pilotos voltaram à pista para tentar buscar o melhor tempo. Rodrigo seguia na ponta, mas tinha só 0s093 de margem para McPhee.

Já com a bandeira quadriculada tremulando, Rodrigo confirmou a pole ao baixar para 1min47s597, 0s317 melhor que Jeremy Alcoba, companheiro de Gresini. Antonelli completa a primeira fila do grid catalão.

Stefano Nepa avançou para quarto no final, com Izán Guevara também melhorando para sair em quinto, à frente de McPhee. Darryn Binder ficou em sétimo, à frente de Suzuki, Masià e Rossi.

LEIA TAMBÉM
⇝ Fatos e curiosidades sobre o GP da Catalunha de MotoGP

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar