Honda apresenta RC213V com Marc Márquez e Pol Espargaró sem novidades para 2021

Em um evento online, a Honda apresentou as motos que Pol Espargaró e Marc Márquez vão usar em 2021 para tentar voltar com o time para o topo da MotoGP

A Honda revelou as armas que vai usar na temporada 2021 da MotoGP. Nesta segunda-feira (22), a equipe apresentou em um evento virtual as RC213V que Marc Márquez e Pol Espargaró irão usar neste ano.

Como o esperado, a equipe seguiu a tendência dos últimos anos e apresentou uma moto sem grandes mudanças. O laranja segue predominante, seguido pelo branco e amarelo das temporadas passadas. Ainda, na lateral, o grande patrocínio da Repsol.

Ao falar de sua recuperação, o hexa comentou que “é um passo de cada vez, me sinto muito bem e a recuperação está indo muito bem, isso é o mais importante. Cada vez que vou ao médico tenho uma boa notícia, isso é muito importante.”

“O ano passado foi longo e difícil, mas agora tento apenas obedecer meu corpo, digo, com o médico tentamos melhorar um pouco mais o trabalho em casa, mas não sei, os médicos não sabem, quando estarei pronto. O mais importante é que a cada semana me sinto melhor. Estou otimista em estar na moto o quanto antes, mas não sei exatamente quando será”, continuou.

A Honda seguiu a tendência dos últimos anos e não trouxe grandes novidades para 2021 (Foto: Honda)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

“Para mim, é importante ficar calmo, ter as coisas mais ou menos no controle. Sei que no mundo do esporte a motor ter as coisas no controle é quase impossível, mas gosto de ter o máximo de controle possível especialmente minha vida pessoal de uma maneira que posso me focar no meu trabalho”, pontuou o irmão de Aleix Espargaró.

“É animador. Pensei por muito tempo nessa oportunidade, agora você veste o macacão pela primeira vez e vê que é real. O nível de animação está muito alto, está nas nuvens”, emendou sobre a primeira vez usando as cores do time.

Após um campeonato complicado e que foi ponto fora da curva comparado com os últimos anos, a marca japonesa vem para tentar recuperar o posto de campeã da MotoGP. E contando com novo reforço para tal.

Pol chega ao time em alta, pois em 2020 teve seu melhor desempenho na classe rainha do Mundial. Levou a KTM cinco vezes ao pódio e teve desempenho bastante regular ao longo das 14 etapas, ficando fora do top-10 apenas três vezes, todas com abandonos.

Agora, em seu oitavo ano na principal divisão, tem a missão de não apenas substituir Álex Márquez, mas ser companheiro de Marc e ajudar o time a reencontrar o caminho para estar entre as primeiras posições do pelotão.

Já a situação do hexacampeão segue um mistério. Ainda se recuperando da forte lesão que sofreu na primeira corrida de 2020, não é certo quando o retorno para as pistas acontece, mesmo que a evolução da lesão aconteça de forma satisfatória.

A Honda tem longa jornada pela frente. Apesar de forte, Pol ainda não tem vitórias na MotoGP e não conhece o estilo de guiada da Honda. Enquanto isso, espera em sua principal estrela a recuperação para voltar a ser aquela que todos conhecem: dominante.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar