Honda foca em soluções após GP da Catalunha negativo: “Nunca procuramos desculpas”

Alberto Puig reconheceu que o fim de semana em Barcelona foi pior que o esperado e assegurou que a equipe está completamente empenhada na busca de soluções. Marc Márquez e Pol Espargaró abandonaram a corrida de domingo (6)

Chefe da Honda, Alberto Puig não conseguiu ver nada de positivo no GP da Catalunha de MotoGP. O dirigente reconheceu que o fim de semana em Barcelona foi pior que o esperado, mas assegurou que a fábrica da asa dourada está empenhada em encontrar soluções para a RC213V.

A Honda vive o maior jejum de vitórias desde que voltou à MotoGP. A última vitória data do GP da Comunidade Valenciana, a última de Marc Márquez antes da fratura no braço direito que o manteve afastado do Mundial por nove meses. Embora o espanhol já esteja de volta à pista, o hexacampeão ainda não está plenamente em forma.

Nem Marc Márquez e nem Pol Espargaró completaram a corrida de domingo (Foto: Divulgação/MotoGP)

LEIA TAMBÉM
 Oliveira ratifica melhora da KTM com vitória impecável no GP da Catalunha
 Produção em série de talentos por Moto3 e Moto2 coloca pressão nos pilotos da MotoGP
KTM foge do padrão e acerta ao oferecer contrato duradouro para Binder na MotoGP

Na corrida de domingo, Marc abandonou após sete voltas por causa de uma queda. Pol Espargaró tampouco conseguiu se manter na pista. O melhor resultado da Honda em Barcelona foi o 11º lugar de Álex Márquez.

“Sim, não esperávamos que nossos dois pilotos caíssem”, disse Puig ao ser questionado se o resultado na Catalunha foi pior que o esperado. “Isso não é bom, não há mais nada a acrescentar”.

“Do ponto de vista da performance, não há nenhum ponto positivo a ser encontrado. Tudo que podemos dizer é que a HRC e a equipe estão 100% empenhados em resolver esses problemas e tentar encontrar e criar soluções para os nossos pilotos”, assegurou. “Se falarmos das quedas em si, o lado positivo é que os dois pilotos não se feriram”, comentou.

Puig, porém, rejeitou arranjar desculpas para a Honda, ainda que Marc não esteja em plena forma.

“A Honda HRC nunca procura desculpas, assim como seus pilotos. Existe um problema, precisamos resolvê-lo e estamos trabalhando para isso”, frisou.

A MotoGP agora tem uma semana de pausa antes de retomar a temporada com o GP da Alemanha. Mas apesar de o traçado de Sachsenring ser especialmente positivo para Márquez, Alberto evita ilusões.

“No momento, a prioridade é solucionar os problemas”, destacou. “Sachsenring é uma pista onde nossos pilotos sempre foram rápidos, especialmente Marc. Todos sabemos que a velocidade está lá. Mas, no momento, não temos as circunstâncias perfeitas para dar um grande passo entre as etapas, de Barcelona para aí alcançar um grande resultado na Alemanha. De qualquer forma, claro, vamos tentar”, assegurou.

Por fim, Puig celebrou a volta do público às arquibancadas, mas voltou a manifestar a insatisfação com o momento da Honda.

“Finalmente vimos a volta das pessoas às arquibancadas neste fim de semana pela primeira vez em 2021. Passo a passo, a situação global está se aproximando do normal para todo mundo”, destacou. “Mas para nós, não será normal até vencermos outra vez”, concluiu.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar