Mir nega pressa, mas confirma conversas com Honda e “fábricas diferentes”

Com despedida da Suzuki da MotoGP, campeão de 2020 avisou que está no mercado desde de Jerez. O piloto, porém, sublinhou que não está com pressa de definir o futuro

BASTIANINI, MARTÍN OU MILLER: QUEM FICA COM A VAGA NA DUCATI NA MOTOGP EM 2023?

Joan Mir assumiu que está conversando com Honda sobre a possibilidade para defender a equipe a partir da temporada 2023 da MotoGP. O campeão de 2020, contudo, deixou claro que o empresário Paco Sánchez também fala com “fábricas diferentes” do grid.

Mir assumiu que quinta-feira (12) que “estava pronto” para assinar um novo contrato com a Suzuki, mas acabou sem vaga após a inesperada decisão da montadora de Hamamatsu de deixar a classe rainha do Mundial de Motovelocidade no final da temporada 2022. Agora, o espanhol de Palma de Maiorca precisa negociar um novo endereço.

O BRASIL EM DUAS RODAS
Dez pilotos brasileiros para acompanhar nas categorias do exterior

Joan Mir admitiu que agente já conversa com Honda (Foto: Suzuki)

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Ao site da MotoGP, Mir confirmou que o empresário dele já teve conversas preliminares com a Honda, que tem uma vaga aberta, uma vez que apenas Marc Márquez tem contrato até 2024. O espanhol, porém, frisou que não está com pressa de definir as coisas.

“Desde Jerez, estamos oficialmente no mercado”, disse Mir. “Estávamos negociando com a Suzuki antes de tudo acontecer. Agora, com certeza, meu agente terá mais trabalho do que o esperado. Ele está falando com a Honda, com fábricas diferentes, para tentar definir meu futuro. Mas não é fácil”, seguiu.

“Estou com pressa? Não, não especialmente. Se você perguntar para todos os pilotos no paddock, eles vão dizer que preferem ter o futuro definido ao invés de não ter. É a mesma coisa para todo mundo. Assim que tivermos alguma coisa, melhor para mim, para todo mundo”, reconheceu.

Diferente do que foi noticiado pela imprensa italiana, Pol Espagaró negou que já tenha sido comunicado pela Honda que não terá o contrato renovado. O catalão apontou que vivemos em um mundo de “notícias falsas”.

Enquanto a Honda aparece como uma opção forte, Mir não sabe se poderá levar com ele a equipe técnica com que trabalha atualmente. Independente da equipe para onde for.

“Com certeza, se puder ter a minha equipe, seria ótimo, mas também temos de considerar para onde vou e quais serão as condições”, comentou. “Já tem pessoas na equipe para onde vou, [precisamos ver se] elas vão querer sair ou se querem ficar. São muitas coisas”, comentou.

Diferente de Mir, Álex Rins confirmou que ainda não começou a negociar um plano alternativo para o futuro na MotoGP. O espanhol também tinha encaminhado a permanência na Suzuki.

A classificação da MotoGP para o GP da França, em Le Mans, sétima etapa da temporada, acontece no sábado, às 9h10 (de Brasília). O GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades do Mundial de Motovelocidade 2022.

LEIA TAMBÉM
Aprilia perde direito a concessões na MotoGP com pódio de Aleix Espargaró em Jerez
Suzuki quebra silêncio e diz que “discute com Dorna possibilidade” de deixar MotoGP em 22
Leopard assume interesse em ocupar vaga da Suzuki na MotoGP: “Ficaríamos muito felizes”
MotoGP modifica regra e permite motor extra após aumento de calendário para 21 corridas

SUZUKI DETONA BOMBA NA MOTOGP COM ANUNCIO DE SAÍDA EM 2022
Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar