KTM vê futuro de Pol Espargaró aberto e tenta empurrar decisão até setembro

Diretor-executivo da KTM, Stefan Pierer ressaltou que não tinha a intenção de ir para o mercado de pilotos. Dirigente sublinhou que a meta era manter os pilotos atuais

A KTM ainda não se deu por vencida na disputa com a Honda por Pol Espargaró na MotoGP. Muito embora a imprensa espanhola dê como certo o acordo para que o catalão assuma o posto que hoje é de Álex Márquez, a fábrica de Mattighofen assegura que o futuro segue em aberto. E pretende adiar o máximo possível esta decisão.

Inicialmente, a KTM estava confiante em manter o line-up atual, com Pol ao lado de Brad Binder na equipe oficial e Miguel Oliveira e Iker Lecuona na satélite Tech3. No entanto, a Honda passou a tentar o principal piloto do time austríaco.

Pol Espargaró conquistou o primeiro pódio da KTM na MotoGP (Foto: KTM)
Paddockast #65 | As ideias esdrúxulas de retorno/As boas ideias de Lewis Hamilton
Ouça também: PODCASTS APPLE | ANDROID | PLAYERFM

A marca da asa dourada deveria contar com Marc Márquez e Jorge Lorenzo neste ano, mas foi forçada a ir ao mercado inesperadamente em 2019 após o #99 optar pela aposentadoria depois de um ano bastante ruim com a RC213V. O time comandado por Alberto Puig, então, decidiu contratar o campeão da Moto2, que, além de tudo, contava com o apoio do irmão hexacampeão.

Álex, porém, tinha acordo de apenas um ano e precisava mostrar serviço para assegurar a renovação do vínculo. A pandemia do novo coronavírus, todavia, impediu o #73 de mostrar do que é capaz, já que a MotoGP não entrou na pista até agora e só deve voltar a correr em 19 de julho, com o GP da Espanha.

Mesmo sem certezas sobre a capacidade do caçula dos irmãos de Cervera, a Honda foi atrás de Pol, como a própria KTM já reconheceu. Mas, ao contrário do que diz a imprensa da Espanha, Stefan Pierer, diretor-executivo da marca, garante que o futuro segue indefinido.

“A questão se Pol vai ficar com a KTM ainda está aberta para nós”, disse Pierer em entrevista à publicação alemã Speedweek. “Uma decisão será tomada no máximo até 15 de setembro”, explicou.

A declaração do dirigente dá um indício do contrato de Pol, já que é comum que as marcas tenham opção de renovação ― sempre, claro, com a anuência dos pilotos. O prazo, porém, não serve como garantias, mas, em teoria, dá uma chance para a KTM poder ‘seduzir’ Pol mais uma vez.

Ao longo dos testes de pré-temporada, a RC16 mostrou ter dado um passo à frente, resultado do trabalho não só do #44, mas também da chegada de Dani Pedrosa, piloto de testes do time. Mesmo assim, o protótipo austríaco ainda está muito longe de uma performance no nível da RC213V, uma moto capaz de vitórias e títulos.

Ciente das circunstâncias, a KTM se vê obrigada a olhar para o mercado, onde tem opções como Danilo Petrucci, que já confirmou que a Ducati optou por encerrar o relacionamento. O próprio Andrea Dovizioso também é especulado, já que ainda não renovou com a casa de Bolonha.

Pierer, porém, não esconde a insatisfação com a situação, já que não tinha planos de gastar dinheiro com piloto.

“Nós não tínhamos a intenção de estar ativamente no mercado. Nossa meta era manter todos os nossos pilotos conosco”, sublinhou. “Gostaríamos de investir dinheiro na moto”, concluiu.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO? Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.
Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.
Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube