Lorenzo já prevê novos duelos com Pedrosa e diz que ambos "estão no nível mais alto de suas carreiras"

Jorge Lorenzo fez boa avaliação de sua campanha até o momento na MotoGP, campeonato que lidera com 245 pontos, mas disse que Dani Pedrosa será um rival fortíssimo até o fim do ano

 

Com Casey Stoner fora de combate, por conta da fratura no tornozelo direito adquirida depois da forte queda que sofreu em Indianápolis, a briga pelo título da MotoGP em 2012 vai mesmo se resumir aos espanhóis Jorge Lorenzo e Dani Pedrosa. E a luta será dura, segundo o piloto da Yamaha, atual líder do campeonato. Os dois tiveram um forte duelo na etapa de Brno, no mês passado, com vitória do catalão da Honda. Mas Lorenzo já prevê novas batalhas até o fim da temporada. E afirmou ainda que ambos "estão, talvez, no nível mais alto de suas carreiras" na principal categoria do motociclismo mundial.
Lorenzo vê Pedrosa no auge da carreira (Foto: Yamaha)

Jorge comanda a tabela de classificação da MotoGP, com 245 pontos e cinco vitórias em 2012. Pedrosa é o vice, 13 pontos atrás do compatriota. “Estamos muito fortes e talvez estejamos no nível mais alto de nossas carreiras. As motos, em geral, são muito parecidas e possivelmente veremos outros duelos como os de Brno, mas espero que a meu favor, desta vez. Será complicado, de qualquer forma, porque Pedrosa está muito forte também”, disse Lorenzo, em entrevista à rádio espanhol Onda Cero, nesta segunda-feira (3).

Sobre a temporada em si, Lorenzo fez uma boa avaliação de sua performance, cujo pior resultado é um segundo lugar, sem contar o acidente com Álvaro Bautista, na largada em Assen. Porém, apontou a regularidade do rival da Honda como um fator preocupante. "A temporada tem sido muito boa para nós. Nós encontramos em uma situação muito boa agora, mas poderia ser maior, não fosse a queda em Assen e também a constância de Pedrosa”, explicou.

"É mais interessante para os torcedores, que estão acompanhando um campeonato bastante disputado. Mas para mim é um pouco pior, porque não tenho essa tranquilidade mais de liderar com 50 ou 60 pontos, mas creio que tenho experiência suficiente agora para tentar ganhar o campeonato", completou.

 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube