Marc Márquez fala em voltar à MotoGP “mais maduro e ainda mais forte” em 2021

Em um evento online pré-gravado da Honda, o hexacampeão da MotoGP falou em um 2020 difícil por conta da fratura no braço e de “problemas na reabilitação”

Marc Márquez afirmou que planeja voltar “mais maduro e ainda mais forte” na temporada 2021 da MotoGP. O espanhol de Cervera perdeu praticamente todo o campeonato deste ano e ainda se recupera de uma terceira cirurgia no braço direito.

O irmão de Álex fraturou o úmero direito no GP da Espanha, primeira corrida do ano. Submetido a uma cirurgia para estabilizar a fratura, o espanhol tentou voltar à ativa menos de uma semana após a lesão, mas acabou desistindo depois de participar do TL3 do GP da Andaluzia. Marc, porém, seguiu com os exercícios físicos e acabou danificando a placa de titânio introduzida na primeira intervenção médica.

Marc Márquez prometeu um 2021 diferente (Foto: Reprodução/MotoGP)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

O mais velho dos Márquez, então, precisou de uma segunda cirurgia, mas acabou desenvolvendo pseudoartrose ― quando o osso não se recupera como deveria ― e precisou de uma nova operação no começo do mês. Para piorar, os médicos ainda encontraram uma infecção no osso, um obstáculo a mais para a recuperação.

Nesta quinta-feira (10), a Honda anunciou os pilotos para 2021 em um evento online pré-gravado. Márquez, então, reconheceu o ano difícil, mas falou em voltar para a MotoGP ainda melhor.

“Como vocês sabem, esta temporada foi muito, muito difícil para nós”, começou o piloto da moto #93. “Foi uma temporada incomum por causa da Covid, do vírus, mas também do lado pessoal, pois sofri uma grande lesão no meu braço direito na primeira corrida e aí tive alguns problemas na reabilitação, mas agora estou ansioso por 2021, porque certamente será diferente”, assegurou.

“Estou ansioso para voltar mais forte. Vai ser uma grande experiência para o futuro, para estar mais maduro e ainda mais forte”, considerou. “Quero agradecer todos os patrocinadores, a Honda e todos os fãs, pois recebi muitas mensagens de apoio neste 2020. Estaremos lá em 2021 e vamos competir mais uma vez da melhor maneira”, completou.

Companheiro de Marc Márquez em 2021, Pol Espargaró não pôde participar do evento, pois ainda está preso contratualmente à KTM.

LEIA TAMBÉM
Imprudência ou negligência? Caso Marc Márquez vira novela e ameaça até 2021

Ouça os programas do GRANDE PRÊMIO no formato de podcast:
Anchor | Apple | Spotify | Google | Pocket Cast | Radio Public | Breaker

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube