Bezzecchi comanda com folga treino 1 da MotoGP na Holanda. Marc Márquez é 21º

Marco Bezzecchi sobrou na maior parte dos 45 minutos do treino 1 em Assen e assegurou o melhor tempo com 0s314 de vantagem para Maverick Viñales. Alex Márquez fechou o top-3. Líder do Mundial, Francesco Bagnaia ficou em 12º, com Marc Márquez aparecendo em 21º

Marco Bezzecchi passeou no primeiro treino da MotoGP na Holanda. O titular da VR46 comandou a maior parte da sessão matutina deste sexta-feira (23) e fez a melhor de 20 voltas em 1min32s246 para assegurar o topo da tabela 0s314 melhor do que Maverick Viñales, o segundo colocado.

Álex Márquez saltou para terceiro já no fim da sessão e ficou a 0s368 do líder. Johann Zarco superou uma queda pra garantir o quarto tempo, diante do lesionado Fabio Quartararo.

Marco Bezzecchi liderou o treino em Assen (Foto: VR46)

Relacionadas


▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Luca Marini foi a 1min32s881 e ficou em sexto, diante de Takaaki Nakagami e Jorge Martín. Jack Miller aparece em nono, com Aleix Espargaró completando o rol dos dez mais rápidos na pista holandesa.

Líder do Mundial, Francesco Bagnaia levou uma sacode na reta final do treino acabou apenas em 12º, 1s252 atrás de Marco.

Sofrendo com as lesões resultantes de um fim de semana acidentado em Sachsenring, Marc Márquez foi só 21º. O espanhol completou 19 voltas, mas ficou a 1s865 de Bezzecchi.

MotoGP volta à pista às 10h (de Brasília) para o segundo treino do GP da Holanda. O GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades do Mundial e Motovelocidade 2023.

Saiba como foi o treino 1 da MotoGP em Assen:

A sexta-feira em Assen começou com sol e pista seca. Antes de o cronômetro ser acionado para marcar os 45 minutos da sessão matinal, os termômetros mediam 26°C no ambiente, com o asfalto chegando a 35°C. A umidade relativa do ar estava em 55%, com o vento soprando a 6 km/h.

Tão logo a bandeira verde tremulou no fim do pit-lane, os pilotos entraram na pista de imediato, com Luca Marini aparecendo no topo da tabela. Na passagem seguinte, Enea Bastianini chegou a 1min35s023 e pulou para a ponta, formando um 1-2-3 da Ducati com Marini e Marini.

Fabio Quartararo tem um dedo do pé quebrado por ter caído durante um treino de corrida (Vídeo: Reprodução/MotoGP)

Fabio Quartararo, então, chegou a 1min34s752 e tomou a liderança, mas foi quase que imediatamente superado por uma Johann Zarco 0s367 melhor. O titular da Pramac, contudo, perdeu em seguida para Takaaki Nakagami, que caiu para segundo instantes mais tarde por causa de um Marco Bezzecchi 0s175 mais veloz.

Bezzecchi sustentou a ponta ao chegar a 1min33s585, mas com apenas 0s092 de margem para Miguel Oliveira. Quartararo era o terceiro, 0s255 longe da ponta.

Marini apertou o passo e montou uma dobradinha da VR46 ao virar 0s004 ma lento que o companheiro de equipe, que seguia na ponta. Oliveira era o terceiro, seguido por Quartararo, Álex Márquez e Fabio Di Giannantonio.

Lesionado por causa das muitas quedas de Sachsenring, Marc Márquez aparecia em 18º, 1s493 mais lento que o líder.

Agora com 1min33s293, Bezzecchi manteve a ponta, abrindo 0s291 de vantagem para Marini. Oliveira aparecia em terceiro, seguido por Álex Márquez, Jorge Martín e Francesco Bagnaia.

Quando a pista esvaziou por causa da primeira rodada de pit-stops, Bezzecchi ainda era o líder, seguido por Zarco, Marini, Oliveira, Álex Márquez, Martín, Bagnaia, Quartararo, Di Giannantonio e Bastianini.

Com pouco menos de 29 minutos para o fim, Augusto Fernández registrou o primeiro tombo dia, na curva 10, a Mandeveen. O espanhol da GasGas Tech3 executou uma série de piruetas na brita e precisou de alguns instantes antes de levantar e deixar a área de escape.

Augusto Fernández registrou a primeira queda do fim de semana em Assen (Vídeo: Reprodução/MotoGP)

Pouco depois, foi Miguel Oliveira quem saiu. O tombo na curva 1, a Harbocht, porém, não deixou ferimentos.

Maverick Viñales foi a 1min33s451 e assumiu o segundo posto, 0s153 mais lento que Bezzecchi. A posição, porém, durou pouco, já que Marini passou 0s080 melhor.

Com 18 minutos para o fim, foi Bastianini quem caiu na Mandeveen. Apesar de ter sofrido alguns impactos na brita, o italiano levantou de imediato e lamentou o acidente.

Enea Bastianini caiu durante o treino 1 da MotoGP em Assen (Vídeo: Reprodução/MotoGP)

Na 13ª volta nesta manhã de sexta-feira, Bezzecchi foi a 1min32s725 e ampliou para 0s646 a margem em relação a Marini. Quartararo melhorou em seguida, tomando o segundo posto, mas logo foi superado por um Viñales 0s240 melhor.

Johann Zarco se somou a estatística de quedas logo em seguida. O francês se acidentou na Ramshoek, a curva 15, um ponto veloz do traçado. O #5 deu uma porção de piruetas na brita, mas levantou sozinho para deixar a pista.

Zarco, aliás, conseguiu uma carona no retorno aos boxes. Caminhando em direção à garagem da Pramac, o francês de Cannes viu a aproximação de Jack Miller, que prontamente parou para oferecer a garoupa. O serviço de táxi do australiano funciona também na KTM!

Serviço de táxi de Jack Miller está sempre pronto para atender na MotoGP (Foto: Reprodução/MotoGP)

Na última rodada de pit-stops, a liderança seguia com Bezzecchi, com Viñales, Quartararo, Marini, Bagnaia, Martín, Álex Márquez, Nakagami, Zarco e Aleix Espargaró. Marc Márquez era o 20º, 2s066 atrás do líder.

Já usando um pneu macio na traseira, Martín saltou para segundo, 0s342 atrás de Bezzecchi. Marini, também com pneu novo na traseira, avançou para terceiro. Viñales, que usava um par de macios, foi a 1min32s870 e saltou para segundo, 0s364 atrás de Marco.

Com menos de dois minutos para o fim, Bezzecchi foi a 1min32s246 para manter a liderança. Franco Morbidelli também avançou e subiu para sexto, 1s076 atrás do líder.

Álex Márquez foi mais um a melhorar. Vestindo um conjunto de pneus macios, o espanhol tomou a segunda colocação, mas já 0s368 atrás de Bez. Viñales era o terceiro, diante de Quartararo e Martín. O tempo de Morbidelli tinha sido anulado por causa dos limites da pista.

Com a bandeira quadriculada tremulando, Zarco subiu para quarto, 0s516 mais lento que o ponteiro. Quartararo confirmou a quinta colocação, diante de Marini.

MotoGP 2023, GP da Holanda, Assen, Treino 1:

1M BEZZECCHIVR461:32.246 
2M VIÑALESAprilia1:32.560+0.314
3Á MÁRQUEZGresini Ducati1:32.614+0.368
4J ZARCOPramac Ducati1:32.762+0.516
5F QUARTARAROYamaha1:32.804+0.558
6L MARINIVR461:32.881+0.635
7T NAKAGAMILCR Honda1:32.981+0.735
8J MARTÍNPramac Ducati1:33.067+0.821
9J MILLERKTM1:33.087+0.841
10A ESPARGARÓAprilia1:33.421+1.175
11B BINDERKTM1:33.486+1.240
12F BAGNAIADucati1:33.498+1.252
13A FERNÁNDEZGasGas Tech31:33.588+1.342
14F DI GIANNANTONIOGresini Ducati1:33.633+1.387
15M OLIVEIRARNF Aprilia1:33.673+1.427
16F MORBIDELLIYamaha1:33.893+1.647
17E BASTIANINIDucati1:33.902+1.656
18R FERNÁNDEZRNF Aprilia1:33.941+1.695
19S BRADLLCR Honda1:33.989+1.743
20L SAVADORIAprilia1:34.055+1.809
21M MÁRQUEZHonda1:34.111+1.865
22I LECUONAHonda1:34.363+2.117
23J FOLGERGasGas Tech31:34.741+2.495
Por que Marc Márquez cai tanto na MotoGP?
Chamada Chefão GP Chamada Chefão GP 🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da MotoGP direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.