Marini supera erro, leva melhor em duelo com Bezzecchi e vence em San Marino na Moto2

Líder do Mundial, o piloto da VR46 dominou a primeira metade da corrida, mas um erro em Misano o fez suar pela vitória em um duelo com o companheiro de equipe. Enea Bastianini precisou salvar uma queda, mas assegurou o terceiro posto

Luca Marini fez a festa da pouca torcida presente em Misano neste domingo (13). O piloto da VR46 superou um GP de San Marino e da Riviera de Rimini de altos e baixos na Moto2 para vencer com 0s799 de vantagem para Marco Bezzecchi. Enea Bastianini completa o pódio.

Beneficiado por uma punição a Sam Lowes e por um acidente de Remy Gardner, Marini herdou a pole e tratou de tirar proveito da posição. Com uma boa saída, o italiano da VR46 manteve a ponta e, apesar de uma resistência inicial de Bezzecchi, escapou para abrir mais de 1s de frente após dez voltas.

Quando restavam 12 voltas para o fim, porém, Bezzecchi começou a cortar a diferença para o companheiro de VR46, enquanto Enea Bastianini também tentava se aproximar. O piloto da Italtrans, que já assegurou o salto para a MotoGP em 2021 com a Ducati, contudo, errou na curva 8, mas conseguiu salvar a queda. Ainda assim, se afastou mais de 2s5 do rival da moto #72.

Luca Marini venceu pela segunda vez no ano (Foto: VR46)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram.

Com sete voltas para o fim, Marini errou na curva 14 e permitiu a ultrapassagem de Bezzecchi. Dois giros depois, o irmão de Rossi retomou a ponta na curva 8, mas acabou perdendo mais uma vez metros depois numa boa manobra de Marco.

Luca fez uma nova tentativa com quatro voltas para o fim, mas facilitou o troco do companheiro de equipe. O irmão de Rossi insistiu e conseguiu retomar o comando, abrindo vantagem mais uma vez. Enquanto o duo brigava, Bastianini cortou bem a diferença, mas apenas conseguiu encostar para completar o pódio, 0s098 atrás de Marco.

Xavi Vierge conseguiu o quarto posto, à frente de Augusto Fernández, Tom Lüthi e Fabio Di Giannantonio. Lowes precisou escalar o pelotão, mas acabou em oitavo, 16s485 atrás do italiano que corre com o #10. Áron Canet e Joe Roberts fecham o rol dos dez melhores.

Remy Gardner sofreu uma queda feia no warm-up, teve fraturas na mão e no pé esquerdos e não pôde largar para a corrida deste domingo.

Outrora protagonista da Moto2, Jorge Navarro segue em uma temporada irreconhecível. O espanhol da Speed Up completou apenas duas corridas neste ano ― os GPs do Catar e da Tchéquia ― e registrou neste domingo o quinto zero em sete etapas.

Com a segunda vitória na temporada, Marini chegou aos 112 pontos e abriu 17 de vantagem para Bastianini. Bezzecchi passou Martín e agora tem a terceira colocação. Tetsuta Nagashima ocupa o quinto posto, com Lowes, Vierge, Canet, Roberts e Lüthi fechando o top-10.

No Mundial de Construtores, a Kalex vai soberana, com 175 pontos conquistados ao longo das sete etapas de 2020. Segunda na tabela, a Speed Up tem 118 a menos. MV Agusta e NTS completam a classificação. A VR46 lidera o Mundial de Equipes com 50 pontos de vantagem para a Ajo.

Saiba como foi o GP de San Marino e da Riviera de Rimini de Moto2:

Sam Lowes conseguiu o melhor tempo na classificação do sábado, mas por conta de uma punição por incidente no GP da Estíria, o britânico largou do pit-lane.

Com isso, Remy Gardner herdou a primeira posição do grid de largada, sua segunda na temporada 2020. Entretanto, sofreu um forte acidente no warm-up e não pôde disputar a prova.

Atual líder da classificação, Luca Marini fez a terceira marca na tomada de tempos, mas pela punição de Lowes e lesão do australiano, era o primeiro piloto do grid de saída. É a primeira fila conquistada desde o início do campeonato.

Marco Bezzecchi, que caiu no Q2 do sábado, foi quarto, mais largou em segundo no GP de San Marino. É a segunda vez que começou da primeira fila do pelotão, com a vez anterior sendo a pole-position na Andaluzia. Enea Bastianini fecha o top-3.

Largada autorizada em Misano e Marini conseguiu manter a primeira colocação, enquanto Bezzecchi também veio na sequência. Depois que todos os pilotos passaram, Lowes deixou os boxes e foi para a pista.

Com o fim do primeiro giro, Tatsuta Nagashima, o 12º colocado, foi o piloto que mais perdeu colocações ao despencar cinco postos. Já Izdihar, que estava em 20º, foi quem mais subiu, também com cinco.

Restando 23 giros para a bandeira quadriculada, a dupla da VR46 continua nas duas primeiras colocações, enquanto Bastianini vinha no terceiro posto. Mas o italiano da Italtrans precisava segurar Marcel Schrötter, o quarto, e Xavi Vierge vinha fechando o top-5. Neste ponto, com 1min37s013, Luca fez a melhor marca da prova.

Enquanto as primeiras colocações se mantinham sem grandes mudanças, a ação ficava mais para trás. Inclusive, Hector Garzó foi o primeiro piloto a registrar uma queda ao ir ao chão na curva 3.

Com pouco menos de dez voltas rodadas em Misano, a ordem na pista era Marini, Bezzecchi, Bastianini, Vierge, Schrötter, Fabio Di Giannantonio, Thom Lüthi, Augusto Fernández, Jorge Navarro e Nagashima.

Jorge Navarro foi outro nome que protagonizou queda no circuito italiano. Na curva 1, o espanhol acabou no chão e registrou a nada agradável marca de cinco abandonos em sete corridas em 2020.

Com o passar das voltas, Luca vinha aumentando seu respiro na ponta, já sustentando 1s085. Entretanto, Enea, em comparação aos dois primeiros colocados, fez volta cerca de 0s2 mais rápida, mas ainda estava 0s995 do segundo posto.

A corrida se aproximada do final e a liderança mudou de mãos. Apesar de ter se mantido dentro da VR46, agora era Bezzecchi quem estava no primeiro posto, mas o companheiro estava bastante próximo, apenas 0s268 atrás. Enquanto isso, Bastianini protagonizou uma salvada, evitando a queda e se mantendo em terceiro.

Não demorou muito para que Luca desse o troco em cima de Marco dois giros mais tarde. O duelo dos companheiros estava bastante animado, com Bezzecchi fazendo a investida duas curvas mais à frente e retomando o primeiro posto.

A disputa não cessou e o irmão de Valentino Rossi mais uma vez deu o bote em cima do colega de equipe. Retomando a ponta, viu o segundo colocado balançar levemente na moto, mas pouco depois tentou se recolocar na ponta, sem grande sucesso.

Enquanto a dupla da VR46 estava empenhada na briga interna, Bastianini vinha tirando cada vez mais a desvantagem na terceira colocação. No último giro, foi o mais rápido do trio ao virar 1min37s260.

Enea tentava tirar o atraso para Bezzecchi, entretanto, estava 0s992. Mas com um erro de Marco, Bastianini conseguiu se aproximar de forma perigosa, estando apenas 0s336 atrás na abertura da última volta. Na ponta, Marini abriu 1s136.

Nagashima, que chegou a liderar a classificação no início da temporada, tinha final de semana complicado em Misano. Após ter desempenho bastante discreto, protagonizou uma queda no giro final.

Festa nos boxes da VR46 após a bandeira quadriculada. Marini garantiu a vitória, a segunda da temporada e quarto pódio do ano. Bezzecchi foi o segundo colocado, enquanto Bastianini completou o pódio do dia. Saindo do pit-lane, Lowes cruzou a linha de chegada em oitavo.

Com o resultado, o italiano abriu ainda mais vantagem na primeira colocação da classificação, pulando de oito para 17 pontos de respiro para Enea.

Moto2 2020, GP de San Marino e da Riviera de Rimini, Misano, Final:

1L MARINIVR46 Kalex40:41.77425 voltas
2M BEZZECCHIVR46 Kalex+0.799 
3E BASTIANINIItaltrans Kalex+0.897 
4X VIERGESIC Kalex+2.177 
5A FERNÁNDEZMarc VDS Kalex+8.307 
6T LÜTHIIntact Kalex+9.046 
7F DI GIANNANTONIOSpeed UP+9.971 
8S LOWESMarc VDS Kalex+16.485 
9A CANETAspar Speed Up+17.036 
10J ROBERTSAmerican Kalex+17.209 
11L BALDASSARRIPONS Kalex+17.741 
12M RAMÍREZAmerican Kalex+19.152 
13L DALLA PORTAItaltrans Kalex+21.946 
14S CORSIForward MV Agusta+22.005 
15N BULEGAGresini Kalex+24.404 
16J DIXONSIC Kalex+24.663 
17S MANZIForward MV Agusta+27.442 
18S CHANTRATeam Tady Kalex+32.671 
19B BENDSNEYDERRW NTS+35.844 
20K DANIELSAG Kalex+46.463 
 T NAGASHIMARed Bull KTM Ajo KalexNC 
 H SYAHRINAspar Speed UpNC 
 M SCHROTTERIntact KalexNC 
 F IZDIHARTeam Tady KalexNC 
 J RAFFINNTS RWNC 
 E PONSGresini KalexNC 
 J NAVARROSpeed UPNC 
 H GARZÓPONS KalexNC 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube