Márquez massacra concorrência e domina primeiro treino da MotoGP em Aragão

Com 1s6 de frente, Marc Márquez dominou o primeiro treino livre para o GP de Aragão. Maverick Viñales ficou com o segundo tempo, com Fabio Quartararo aparecendo 0s384 atrás para fechar o top-3

Marc Márquez começou o fim de semana em Aragão desfilando sua força. Sem sequer notar a presença da concorrência, o #93 sobrou na manhã desta sexta-feira (20) e fechou o primeiro treino livre da MotoGP com 1s6 de vantagem.
 
Na ponta da tabela desde o início da sessão, Márquez sustentou mais de 1s de vantagem ao longo de toda a atividade. Na volta final, o espanhol de Cervera anotou 1min46s869 para garantir a ponta com 1s617 de folga para Maverick Viñales.
Marc Márquez (Foto: Michelin)
Vindo de uma ótima exibição em Misano, Fabio Quartararo assegurou o terceiro tempo ao bater Andrea Dovizioso na volta final por 0s019. Jack Miller aparece em quinto, empatado em 1min49s101 com Joan Mir, o sexto.
 
Já 2s361 atrás de Márquez, Danilo Petrucci ficou com o sétimo tempo, seguido por Pol Espargaró e Franco Morbidelli. Takaaki Nakagami completa um top-10 coberto por 2s574.
 
Valentino Rossi foi 3s044 mais lento que Márquez e acabou em 17º, com Mika Kallio aparecendo em 19º. Jorge Lorenzo fez apenas o 23º tempo, 4s165 atrás do companheiro de Honda.
 

O GP de Aragão de MotoGP está marcado para o domingo, às 8h (de Brasília). Acompanhe aqui a cobertura do GRANDE PRÊMIO.

Saiba como foi o treino livre 1 da MotoGP em Aragão:
 
Em uma região caracterizada pelo clima seca, a MotoGP encontrou sol e pista seca para o primeiro treino do fim de semana. Quando a classe rainha entrou na pista nesta manhã, os termômetros marcavam 21°C, com o asfalto chegando a 24°C. A velocidade do vento era de 6 km/h.
 
Correndo em casa, Marc Márquez logo se colocou no topo da tabela e passou a baixar suas marcas um giro após o outro. Depois de cinco voltas, o #93 liderava com 1min48s712, 1s148 melhor que Andrea Dovizioso, o segundo colocado. 
 
Enquanto Márquez seguia baixando suas marcas, Pol Espargaró assumiu o segundo posto, 1s140 mais lento que o líder. Dovizioso caiu para terceiro, à frente de Maverick Viñales e Jack Miller.
 
Depois de só quatro voltas nesta manhã, Álex Rins teve de voltar aos boxes por conta de um problema mecânico com a GSX-RR. A Suzuki logo passou a verificar a moto, enquanto o #42 entrou na pista com o protótipo reserva.
 
A classe rainha chegou à primeira rodada de pit-stops do dia com Márquez sustentando 1s140 de vantagem no topo da tabela. Pol Espargaró seguia com a segunda marca, com Dovizioso, Viñales, Jack Miller, Fabio Quartararo, Danilo Petrucci, Joan Mir, Franco Morbidelli e Takaaki Nakagami formando um top-10 separado por 1s914.
 
De volta à pista, Rins foi a 1min50s904 e assumiu o sétimo posto, mas caiu para nono na sequência, já que Cal Crutchlow se colocou em quarto e Valentino Rossi subiu para sétimo.
 
Pouco depois, Rins aproveitou sua oitava volta para chegar a 1min49s592 e avançar para o segundo posto, reduzindo a vantagem de Márquez para ainda impressionantes 1s105. Pol caiu para terceiro. 
Instantes mais tarde, Joan Mir foi a 1min49s734 e saltou para a sexta colocação, 1s247 atrás de Márquez. Quartararo vinha 0s072 atrás do #36.
 
Viñales, aliás, também melhorou e tomou o segundo posto de Rins por 0s046, mas ainda tinha 1s059 de atraso para Márquez.
 
Rodando com um par de pneus macios, Rins melhorou sua marca para 1min49s565, mas se manteve em terceiro, 0s019 atrás de Viñales. A diferença do #12 para o líder Márquez, porém, seguia intocada em 1s059.
 
Na sequência, calçando a GSX-RR com um pneu médio na frente e um duro atrás, Mir cravou 1min49s545 e saltou para o segundo posto, só 0s001 melhor que Viñales, que caiu para terceiro.
 
Depois, Petrucci, Morbidelli e Miller vão subir para segundo, terceiro e quarto, baixando de 1s a vantagem de Márquez. Na passagem seguinte, Jack vai se colocar em segundo, 0s614 atrás do #93.
 
Mir, então, vai a 1min49s267 para ficar em terceiro, com Quartararo aparecendo mais atrás para pegar o sexto posto, 0s067 melhor que Aleix, o sétimo.
 
Com um macio na traseira da RC213V, Márquez foi 1min47s030 e abriu 1s988 de margem para Quartararo, que, com um par de médios, tinha subido para a segunda colocação. Miller, Mir e Petrucci completavam o top-5.

Já com o cronômetro zerado, Viñales tomou o segundo posto, com Dovizioso passando Quartararo por 0s129 para ficar em terceiro.

 
Márquez, porém, não aliviou e, com 1min46s869, assegurou a ponta com 1s617 de folga para Viñales. Quartararo passou Dovizioso por 0s019 e ficou em terceiro.

MotoGP 2019, GP de Aragão, MotorLand, Treino livre 1:

1 M MÁRQUEZ Honda 1:46.869  
2 M VIÑALES Yamaha 1:48.486 +1.617
3 F QUARTARARO SIC Yamaha 1:48.870 +2.001
4 A DOVIZIOSO Ducati 1:48.889 +2.020
5 J MILLER Pramac Ducati 1:49.101 +2.232
6 J MIR Suzuki 1:49.101 +2.232
7 D PETRUCCI Ducati 1:49.230 +2.361
8 P ESPARGARÓ KTM 1:49.300 +2.431
9 F MORBIDELLI SIC Yamaha 1:49.304 +2.435
10 T NAKAGAMI LCR Honda 1:49.443 +2.574
11 M OLIVEIRA Tech3 KTM 1:49.445 +2.576
12 A ESPARGARÓ Aprilia Gresini 1:49.508 +2.639
13 A RINS Suzuki 1:49.565 +2.696
14 T RABAT Avintia Ducati 1:49.607 +2.738
15 C CRUTCHLOW LCR Honda 1:49.709 +2.840
16 A IANNONE Aprilia Gresini 1:49.809 +2.940
17 V ROSSI Yamaha 1:49.913 +3.044
18 F BAGNAIA Pramac Ducati 1:50.122 +3.253
19 M KALLIO KTM 1:50.128 +3.259
20 K ABRAHAM Avintia Ducati 1:50.155 +3.286
21 H SYAHRIN Tech3 KTM 1:50.418 +3.549
22 B SMITH Aprilia Gresini 1:50.455 +3.586
23 J LORENZO Honda 1:51.034 +4.165
         
MV J LORENZO Yamaha 1:48.120 169.0  km/h
REC M MÁRQUEZ Honda 1:46.635 171.4 km/h
         
  Condições do tempo PISTA SECA   ar: 23ºC | pista: 26ºC

Previsão do tempo para Aragão
GP de Aragão Aragão
!function(d,s,id){var js,fjs=d.getElementsByTagName(s)[0];if(!d.getElementById(id)){js=d.createElement(s);js.id=id;js.src=’https://weatherwidget.io/js/widget.min.js’;fjs.parentNode.insertBefore(js,fjs);}}(document,’script’,’weatherwidget-io-js’);

 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar