Viñales comemora “feito histórico” após vitória em Austin: “Às vezes, faço magia”

A vitória neste domingo no GP das Américas tirou um enorme peso das costas do piloto espanhol, que vinha de dois anos sem subir no lugar mais alto do pódio na MotoGP

Foram longos dois anos sem vencer na MotoGP mas, enfim, Maverick Viñales alcançou o triunfo neste domingo (14) no GP das Américas, o décimo na carreira pela classe rainha. Desde a corrida do Catar de 2021 que o “Top Gun” não ia ao lugar mais alto do pódio, mas o fim de semana em Austin foi perfeito.

Além de se tornar o primeiro a vencer por três montadoras diferentesYamaha, Suzuki e Aprilia -, o espanhol levou para casa também a corrida sprint, selando uma rodada que beirou à perfeição. O feito levou Mav às lágrimas na entrevista após a vitória.

Relacionadas


“Não tenho palavras. Foi muito difícil chegar até aqui, sofremos muito junto com minha família, todo o esforço que fiz foi recompensado. Na Áustria, em 2022, não sabia se deveria parar e, agora, estou no topo, tudo isso só me ensina uma coisa: você nunca deve desistir e deve sempre se manter lutando. Este foi um feito histórico”, bradou.

A corrida não começou nada bem para Viñales, afinal, um problema na embreagem logo na largada jogou o piloto para a 11ª posição. A partir daí, ele precisou remar muito até a ultrapassagem em cima de Pedro Acosta, que garantiu a vitória no circuito norte-americano.

Maverick Viñales é o primeiro desde 2002 a alcançar marca no Mundial (Foto: AFP)

“A equipe não sabia se iria funcionar bem e, de fato, não funcionou para mim na largada, estava convencido de chegar na frente na primeira curva, mas Acosta largou muito bem e Pecco [Bagnaia] me expulsou na primeira curva. Aí me concentrei, eram 20 voltas e tive que ultrapassar um piloto por volta”.

Não tinha ninguém no grid mais feliz que Maverick hoje, que aproveitou para fazer sua festa: colocou a capa e a máscara do Batman para comemorar muito a vitória que o colocou na terceira posição do campeonato, com 56 pontos.

“Foi preciso paciência e perserverança. Isso é um jogo, mas fora disso há muito sacrifício e muitas longas noites de reflexão, mas para estes momentos vale a pena dar tudo. Às vezes, faço magia e hoje foi um dia daqueles”, completou o piloto.

MotoGP volta a acelerar entre 26 e 28 de abril, com o GP da Espanha, em Jerez, para a quarta etapa do campeonato de 2024. O GRANDE PRÊMIO faz a cobertura completa do evento, assim como das outras classes do Mundial de Motovelocidade durante todo o ano.

Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Chamada Chefão GP Chamada Chefão GP 🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da MotoGP direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.