Mecânico é suspenso na MotoGP após apresentar teste falso de Covid-19

A Covid-19 segue uma grande preocupação no paddock da MotoGP. Por isso, um mecânico de "equipe grande" do grid foi suspenso até o fim de 2021 por burlar as regras e falsificar um exame

A pandemia da Covid-19 alterou a rotina nos paddocks de diversas categorias. O Mundial de Motovelocidade, com suas três classes, não foi diferente. Preocupados com a saúde de todos, protocolos rígidos foram colocados em ação. Mesmo assim, algumas pessoas acabaram contaminadas. No caso de um mecânico, ele falsificou um teste e está suspenso até o fim da temporada pela Associação Internacional de Equipes [IRTA].

De acordo com o site The Race, um funcionário de “uma grande equipe” da MotoGP está fora das últimas etapas do ano. Ele quebrou as regras ao apresentar um teste negativo, mas que era apenas uma modificação de um resultado anterior. Ou seja, apresentou duas versões de um mesmo exame PCR.


▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

MotoGP só agora liberou público, mas mantém restrições no paddock (Foto: Yamaha)

“Estamos decepcionados por reportar que um mecânico de uma grande equipe entregou um teste PCR negativo do laboratório Quiron Prevencion, mas era apenas uma versão modificada de um teste anterior”, disse Mike Trimby, chefe da IRTA.

“O campeonato leva essa questão muito a sério. Fazemos muitos esforços para manter o paddock um ambeinte seguro para a saúde de todos os participantes. O passe da pessoa envolvida foi bloqueado e não será permitida a presença em testes ou eventos. A suspensão será aplicada até o fim de 2021, por enquanto”, completou.

Cada teste custa entre €80 e €150 — aproximadamente R$ 518 a R$ 972, o que representa um grande custa para as equipes. Paolo Simoncelli, chefe da SIC58 na Moto3, estimou um gasto de €70 mil — cerca de R$ 453 mil — para testar todos os funcionários ao longo da temporada. E ainda pediu para que um certificado de vacinação fosse a medida para liberação no paddock.

MotoGP volta às pistas no próximo dia 24 de outubro para o GP do Feito na Itália e da Emília-Romanha, em Misano. O GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades do Mundial de Motovelocidade 2021.

NA GARAGEM
Rossi bate Biaggi no GP da Austrália e fatura título final das 500cc
Stoner vence na Austrália pela 5ª vez seguida e alcança bi da MotoGP

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar