Migno lidera TL3 de festival de tempos cancelados do GP de Aragão da Moto3. Arenas é 15º

Com 1min58s880, o piloto da VR46 aproveitou o tempo cancelado de Gabriel Rodrigo para liderar. Jeremy Alcoba e Nicolò Antonelli fecharam o top-3

Andrea Migno começou o sábado (17) da Moto3 com o pé direito. No terceiro treino livre do GP de Aragão, o italiano tratou de anotar 1min58s880 para fechar a última sessão antes da classificação como o mais rápido.

Com a bandeira quadriculada, era Gabriel Rodrigo quem estava na ponta da folha de tempos. Entretanto, o argentino infringiu a bandeira amarela e teve seu tempo cancelado, passando a primeira posição para o competidor da VR46.

Andrea Migno aproveitou o tempo cancelado de Gabriel Rodrigo (Foto: VR46)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Apenas 0s177 mais lento que o primeiro colocado, Jeremy Alcoba aproveitou o tempo também cancelado de Celestino Vietti para fechar a sessão como o segundo mais veloz. Nicolò Antonelli completou o rol dos três mais rápidos do treino. Outros competidores como John McPhee e Dennis Foggia também perderam suas melhores marcas.

Quem teve manhã bastante discreta foi Albert Arenas. Atual líder da classificação, o competidor fez apenas 1min59s837, ficando a 0s957 do primeiro colocado e fechando o TL3 apenas em 15º.

GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades do GP de Aragão, 11ª etapa do Mundial de Motovelocidade 2020.

Saiba como foi o terceiro treino da Moto3 em Aragão

Mesmo com o terceiro treino livre da Moto3 começando uma hora mais tarde devido a mudança de programação, as temperaturas estavam baixas em Aragão. O termômetro indicava apenas 7ºC, com o asfalto chegando a 10ºC.

Jaume Masià foi quem tratou de iniciar as atividades no MotorLand. Com 2min00s666, o piloto foi o primeiro a pontear a sessão, mas logo foi superado por Raúl Fernández, que bateu seu tempo em apenas 0s033.

Com pouco menos da metade da sessão completada, Carlos Tatay saltou para o primeiro posto com 2min00s055. Logo atrás do piloto da Avintia estava Darryn Binder, com John McPhee, Masià e Deniz Öncü completando os cinco primeiros.

Já nos treinos combinados, nenhum competidor havia melhorado as marcas anteriores. Fernández puxava a fila, com Romano Fenati, Albert Arenas, Binder, Tatsuki Suzuki, Sergio García, Masià, Ai Ogura, Celestino Vietti, Alonso López, Tatay, Kaito Toba, Gabriel Rodrigo e Nicolò Antonelli garantindo a vaga provisória ao Q2.

Restando 22 minutos para o encerramento da sessão, Toba protagonizou uma forte queda. Na curva 2, o japonês foi ejetado da moto e acertou com força o asfalto. Apesar de sair andando da cena do incidente, aparentava dor e estava mancando.

Com 11 voltas completadas, Andrea Migno bateu o antigo tempo em 0s193 em seu décimo giro para se colocar como o mais rápido do treino. A marca foi suficiente para colocar o competidor da VR46 entre os 14 mais rápidos e garantir um posto direto para a segunda fase da classificação.

Já na bandeira quadriculada, Rodrigo anotou 1min58s383 para ficar com a primeira posição do terceiro treino. García foi o segundo 0s400 atrás do argentino, com Migno, Vietti e Dennis Foggia completando o rol dos cinco mais velozes da parte da manhã.

LEIA TAMBÉM
Moedor à italiana, Ducati tem má gestão escancarada com vitória de Petrucci
Salto de Marini para MotoGP em 2021 vira guerra entre VR46 e Avintia

Suzuki precisa resolver déficit de classificação para enfim se tornar grande na MotoGP
Márquez & Márquez: as estreias de Marc e Álex no pódio da MotoGP

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube