Muito satisfeito com nova atitude, chefe da Honda destaca inteligência e diz que Márquez “aprendeu a lição muito bem”

Livio Suppo se disse muito satisfeito com a mudança de Marc Márquez após a série de tombos do ano passado. Chefe da Honda destacou a inteligência do espanhol e destacou que o #93 aprendeu muito de um ano para o outro

Não é a evolução com a nova eletrônica que a agradou a Honda na primeira metade da temporada 2016 da MotoGP. A escuderia da asa dourada também está para lá de satisfeita com a nova postura de Marc Márquez, que esqueceu o tradicional ‘jeitinho tudo ou nada’ e tem dado mais valor a consistência.
 
Falando ao site britânico ‘Crash.net’, Livio Suppo, chefe da escuderia nipônica, não escondeu sua satisfação com a mudança de Márquez e ressaltou que o mérito é todo do espanhol.
 
Questionado sobre a nova abordagem de Márquez às corridas, Suppo respondeu: “Surpreso não, eu estou realmente satisfeito. Isso mostra que Marc é muito inteligente. Ele aprendeu muito”.
Nova mentalidade de Marc Márquez agradou a Honda (Foto: Repsol)

window._ttf = window._ttf || [];
_ttf.push({
pid : 53280
,lang : “pt”
,slot : ‘.mhv-noticia .mhv-texto > div’
,format : “inread”
,minSlot : 1
,components : { mute: {delay :3}, skip: {delay :3} }
});

(function (d) {
var js, s = d.getElementsByTagName(‘script’)[0];
js = d.createElement(‘script’);
js.async = true;
js.src = ‘//cdn.teads.tv/media/format.js’;
s.parentNode.insertBefore(js, s);
})(window.document);

“Como ele já conquistou dois títulos, todo mundo esquece o quão jovem ele é”, comentou. “Ano passado foi apenas a terceira temporada dele na MotoGP e veio depois de ele dominar 2014. Nessa idade, é normal você pensar que é invencível. E isso pode ter fazer forçar demais em algumas corridas”, reconheceu.
 
“Acho que ele aprendeu a lição muito bem, e acredito que sozinho”, declarou Suppo. “Todos os pilotos têm um super ego e se eles realmente não entendem algo por si só, se eles realmente não se sentem ‘enjoados’ com alguma coisa, não mudam. Então no ano passado, algumas vezes depois de cair, Marc dizia: ‘Não vou mudar’”, contou.
 

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

Na divisão do dirigente, a tabela final da temporada 2015 foi a responsável por mudar a postura de Márquez.
 
“No fim da temporada passada, quando você olha para trás e vê aquilo com seis zeros — seis zeros! —, você ainda está em terceiro”, relembrou. “isso significa que, com menos erros, não estou dizendo que Marc teria sido campeão, mas, com certeza, ele teria lutado pelo campeonato até o final”, defendeu.
 
Mas os erros não foram a única dificuldade do 2015 de Márquez. Acusado por Valentino Rossi, o jovem espanhol se tornou o inimigo número um dos fãs do #46, que o viam como escudeiro de Jorge Lorenzo na briga pelo título.
 
Na visão de Suppo, no entanto, a confusão do ano passado não teve participação na nova abordagem de Marc. 
 
“Em termos da abordagem dele às corridas, não acho que tenha relação”, opinou Suppo. “Tem mais a ver com o fato de que estar sempre pressionando para vencer cada corrida. Aí ele percebeu que é impossível vencer cada corrida”, observou.
 
Ainda assim, o dirigente acredita que a confusão com Rossi teve um papel na mentalidade do piloto de 23 anos.
 
“Isso é outra história, pois não é fácil estar contra Valentino neste mundo. Sei disso muito bem”, disse. “Valentino, claro, fez muito pela MotoGP e merece todo crédito que recebe por isso. Mas se você está do lado errado, é uma coisa muito, muito difícil de controlar. Provavelmente, Marc está mais maduro agora, mas, como eu disse, isso não tem relação com a abordagem diferente às corridas”, sublinhou. 
PADDOCK GP #39 DEBATE F1 E MOTOGP COM CONVIDADO ALEX BARROS

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “8352893793”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 250;

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)<0?n+="px":n,cc.style.display="",s2.width=n,window.frameElement&&(s1.height=c2.offsetHeight+5+"px"),t=500,s1.width="100%"}rs(t)},200)}var c1=window.frameElement?window.frameElement:document.getElementById("crt_ftr"),c2=document.getElementById("crt_ftr"),s1=c1.style;s1.position="fixed",s1.bottom="-4px",s1.left="0px",window.frameElement&&(s1.height="0"),c2.style.textAlign="center",s1.zIndex="60000";var cc=document.getElementById("crt_cls"),s2=cc.parentNode.style;cc.onclick=function(){s1.display="none"};var t=0;rs(0);

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth < 970) ? 302357 : 302359;
document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube