Pedrosa dá show, vence duelo eletrizante com Lorenzo em Brno e entra de vez na luta pelo título

Daniel Pedrosa teve uma de suas melhores atuações na carreira e venceu um eletrizante duelo com Jorge Lorenzo até a última volta. Cal Crutchlow conquistou em Brno seu primeiro pódio na MotoGP

O GP da República Tcheca de 2012 vai entrar para a história da MotoGP. Em uma das melhores atuações da carreira, Daniel Pedrosa venceu um duelo eletrizante com Jorge Lorenzo na última volta em Brno e cruzou a linha de chegada com 0s178 de diferença para o piloto da Yamaha.

A dupla espanhola brigou pela ponta durante toda a disputa. O campeão de 2010 largou na ponta e manteve a liderança na primeira parte da corrida, mas foi ultrapassado por Dani e passou a caçar o espanhol.
 

Pedrosa teve uma das melhores atuações de sua carreira neste domingo (Foto: MotoGP)


Na última volta, Jorge conseguiu a ultrapassagem, Dani deu o troco, Lorenzo passou outra vez, mas Pedrosa foi mais forte, retomou a ponta e cruzou a linha de chegada de Brno com 0s178 de vantagem.

A etapa da República Tcheca também marcou o primeiro pódio da carreira de Cal Crutchlow na classe rainha do Mundial de Motovelocidade. Largando em terceiro, o britânico chegou a perder a posição, mas soube se recuperar e seguir tranquilo rumo ao terceiro lugar.

Andrea Dovizioso ficou com o quarto posto, seguido por Stefan Bradl e Álvaro Bautista. Valentino Rossi ficou em sétimo, com Randy De Puniet em oitavo e Karel Abraham em nono. Aleix Espargaró completa o top-10.

Ben Spies somou mais uma prova à sua lista de fracassos na temporada. Depois de um início ruim, o norte-americano fazia uma prova de recuperação, mas caiu quando estava em oitavo e abandonou a disputa.

Com o resultado, Dani chegou aos 232 pontos e agora tem 13 de atraso em relação a Lorenzo.

Saiba como foi a corrida deste domingo:

Lorenzo largou bem e manteve a ponta. Pedrosa passou em segundo, com Crutchlow caindo para terceiro, à frente de Dovizioso e Rossi. Spies assumiu o terceiro posto no início, mas caiu para sexto na largada e na sequência despencou na tabela.

Na ponta, Lorenzo tentava escapar, mas era seguido de perto com Pedrosa e Crutchlow. Mais atrás, Rossi perseguia Dovizioso pelo quarto lugar. Bautista vinha em sexto, à frente de Bradl, De Puniet, Espargaró e Elías.

Spies que caiu para 14º, vinha em 13º no segundo giro e atacava Abraham. Não demorou, Hernández se tornou o próximo alvo e logo ficou para trás.

Na terceira volta da disputa, Lorenzo quebrou o recorde do circuito ao anotar 1min56s620. A marca anterior, registrada em 2011, também era do espanhol, com 1min56s670. Mais atrás, Bradl e Bautista disputavam o sexto lugar. Enquanto isso, Spies já vinha em décimo.

Na ponta, Pedrosa acompanhava o ritmo de Lorenzo, esperando para dar o bote. Crutchlow mantinha o terceiro posto, mas já sustentava uma larga diferença para os ponteiros.

No pelotão intermediário, Bradl venceu o duelo com Bautista e passou a perseguir Rossi pelo quinto lugar. Spies também saiu vitorioso em um embate com De Puniet e assumiu o oitavo posto, atrás de Bautista. Com 15 voltas para o final, Pedrosa vinha 0s126 atrás de Lorenzo, e seguia pressionando o conterrâneo.

No sétimo giro, Bradl alcançou Rossi e conseguiu passar o multicampeão, assumindo o quinto lugar. O italiano conseguiu dar o troco, mas foi ultrapassado outra vez. Na sequência, Valentino perdeu o sexto lugar para Bautista.

Rodando em oitavo, Spies colocou mais uma corrida na sua longa lista de problemas da temporada de 2012 e abandonou após uma queda.

Na frente, Lorenzo conseguiu abrir uma discreta vantagem, mas Pedrosa logo reagiu e voltou a se aproximar. Com 11 voltas para o fim, Dani conseguiu passar e assumiu a liderança.
 

Lorenzo segue líder do Mundial, mas tem apenas 13 pontos de vantagem (Foto: MotoGP)


Lorenzo tentou reagir, mas Dani conseguiu manter a ponta. O piloto da Honda tentou escapar, mas Jorge manteve o bom ritmo e passou a estudar as linhas do rival.

Pedrosa espalhou demais e Lorenzo conseguiu se aproximar bastante. Faltando cinco para o fim, foi a vez de Jorge espalhar e dar um respiro para o rival.

Dois giros mais tarde, Pedrosa voltou a espalhar, permitindo a aproximação de Jorge. Dani conseguiu sustentar a ponta, mas na última volta Lorenzo colocou por dentro, os dois se tocaram e o piloto da Yamaha levou a melhor.

Na última volta, Pedrosa passou, Jorge respondeu, mas Dani conseguiu tomar a ponta outra vez quando Lorenzo deixou para frear muito tarde e espalhou um pouco, e venceu em Brno.

Confira a classificação da MotoGP após o GP da República Tcheca

MotoGP, GP da República Tcheca, Brno, Final:
 

 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube