Rossi admite que gosta da ideia, mas descarta VR46 na MotoGP: “Não temos dinheiro”

Valentino Rossi reconheceu que gosta da ideia de ter a VR46 na MotoGP, mas afirmou que não tem os recursos financeiros para isso. O italiano avaliou que a SIC é sua melhor opção para seguir na classe rainha em 2021

LEIA TAMBÉM

Valentino Rossi descartou levar a VR46 para a MotoGP. A equipe comandada por Pablo Nieto está nos grids de Moto3 e Moto2.
 
Com a contratação de Fabio Quartararo, Rossi vai fazer em 2020 seu último ano no time oficial da Yamaha. No entanto, o #46 ainda não sabe se vai seguir na classe rainha do Mundial de Motovelocidade e quer, primeiro, ver seu nível de competitividade neste ano. 
Valentino Rossi (Foto: Yamaha)
Paddockast #47
FORD vs FERRARI

Ouça:

Spotify | iTunes | Android | playerFM

Questionado sobre a possibilidade de a VR46 subir para a MotoGP, Rossi admitiu que até gosta da ideia, mas disse não ter dinheiro para a empreitada.
 
“A equipe VR46 com a Yamaha? Eu rio, pois gosto da ideia, mas não temos o dinheiro!”, respondeu. “Este é um grande problema!”, seguiu.
 
“Melhor com a Petronas”, completou.
 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar