Sem contrato, Dovizioso vê trinca de GPs decisiva: “Resultados sempre afetam futuro”

Ducati decidiu esperar até o GP da Estíria antes de definir quem será o companheiro de Jack Miller na temporada 2021 da MotoGP. Andrea Dovizioso mira reação após se decepcionar com atuação em Jerez

LEIA TAMBÉM
Máscaras, marmitas, distância e confinamento: a nova rotina da pandemia na MotoGP

Le jour de gloire est arrivé!: Quartararo reescreve história da França na MotoGP

Andrea Dovizioso acredita que as próximas três corridas podem ter um impacto decisivo no futuro na MotoGP. O italiano de Forli ainda não tem contrato para 2021, e a Ducati optou por esperar até depois do GP da Estíria para definir quem será o companheiro de Jack Miller no time de fábrica.

Titular da escuderia de Bolonha desde 2013, Dovizioso foi vice-campeão da MotoGP nos últimos três anos, mas, apesar de ser o líder incontestável da Ducati, ainda não conseguiu a renovação do contrato. As negociações empacaram na questão salarial, já que a escuderia italiana quer reduzir o valor pago ao #4 por conta do impacto econômico da pandemia do novo coronavírus.

Andrea Dovizioso está na Ducati desde 2013 (Foto: Red Bull Content Pool)

Durante a passagem do Mundial por Jerez, uma pista historicamente difícil para a Ducati e para o #4, Andrea conseguiu somar 26 pontos nas duas primeiras etapas da temporada e ocupa a terceira colocação no Mundial de Pilotos, 24 atrás de Fabio Quartararo, o líder.

A performance de Francesco Bagnaia, porém, colocou ainda mais pressão em Dovizioso. O piloto da Pramac chegou a brigar pelo pódio no GP da Andaluzia, mas acabou abandonando por uma quebra. Apesar do revés, a Ducati já vê no jovem italiano uma alternativa a Andrea.

Neste cenário, a fábrica de Borgo Panigale preferiu adiar ainda mais a decisão e promete avaliar suas opções após o GP da Estíria, marcado para 23 de agosto. Neste intervalo, a MotoGP corre na Tchéquia neste fim de semana e na Áustria no próximo dia 16.

“As próximas corridas serão importantes para o campeonato, pois estamos em uma boa pista para nós e os resultados sempre afetam o futuro”, disse Dovizioso. “No momento, ainda não sei meu futuro. Sei o que eu quero, mas estou focado nas corridas”, frisou.

Mesmo tendo tirado de Jerez um bom punhado de pontos, Dovizioso não saiu satisfeito e pressiona por melhoras neste fim de semana.

“Não posso ficar muito feliz com a minha pilotagem em Jerez, mas os pontos no campeonato não são tão ruins”, comentou Dovizioso. “Estou muito feliz por estar em Brno, vai ser uma pista melhor para nós, mas será muito importante melhorar meus pontos fracos. Nós estudamos muito este fim de semana para tentar estarmos prontos e vamos ver nos treinos, pois na moto dá para sentir quando você faz alguma mudança”, indicou.

Além de decisivas para a renovação do novo contrato, as próximas etapas também têm peso especial na disputa pelo título de 2020: afinal, Marc Márquez está afastado se recuperando de uma fratura no braço direito.

“Com certeza, é uma oportunidade para todo mundo. Marc conquistou muitos títulos e está fora dessas corridas, mas cada ano é uma história diferente e as duas primeiras corridas sugerem que os dois pilotos da Yamaha são mais fortes do que todo mundo”, pontuou. “Ma isso foi em Jerez, com temperaturas elevadas. A temporada ainda é longa, com várias pistas e temperaturas”, encerrou.

GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades do GP da Tchéquia, quarta etapa do Mundial de Motovelocidade 2020.

Paddockast #73 | A maratona da Fórmula E em Berlim
Ouça também: PODCASTS APPLE | ANDROID | PLAYERFM

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO? Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.
Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.
Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube