SRT aumenta tempo de recuperação e prevê retorno de Morbidelli apenas em Misano

Franco Morbidelli perdeu o GP da Holanda por conta de uma cirurgia no joelho esquerdo e era esperado após as férias de verão da MotoGP. A SRT, no entanto, acredita que o italiano vai perder mais quatro etapas do calendário 2021

Franco Morbidelli precisou operar o joelho esquerdo às vésperas do GP da Holanda, para reparar o menisco e o ligamento anterior cruzado, após sofrer diversas quedas durante a temporada. Com isso, claro, perdeu a prova e foi substituído por Garrett Gerloff. De acordo com a SRT, o italiano vai ficar de fora de outras corridas.

Em entrevista ao site Crash, Razlan Razali, chefe da SRT, acredita que Morbidelli ainda vai perder mais quatro etapas do calendário: os GPs da Estíria, Áustria, Inglaterra e Ararão. O retorno, portanto, aconteceria apenas nos dias 17 a 19 de setembro, em Misano.

“Franco está se recuperando bem da cirurgia no joelho. Queremos ter certeza de que ele vai estar 100% antes de voltar, então acredito que não vamos contar com ele de novo até Misano. Apesar disso, espero que seja antes”, disse o dirigente.

Franco Morbidelli perdeu o GP da Holanda por conta de lesão no joelho (Foto: SRT)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram.

“É uma pista que ele ama, que conhece muito bem, então seria bom vê-lo retornar lá. Nós continuamos desejando uma boa recuperação e que volte totalmente apto.

A informação vai de encontro com as primeiras notícias após a cirurgia do ítalo-brasileiro, quando os médicos do hospital deram oito semanas de recuperação. Na ocasião, o vice-campeão vigente da MotoGP destacou que foi para o centro cirúrgico pensando voltar na melhor forma e o mais cedo possível para a categoria.

O Mundial de Motovelocidade entrou em férias após o GP da Holanda deste fim de semana e volta às pistas apenas em 6 de agosto para o primeiro dia de treinos para o GP da Estíria. Apesar de a pausa ser maior do que o normal, o período de inatividade é de só cinco semanas.

LEIA TAMBÉM
# Yamaha precisa de solução caseira e eficiente para vaga de Viñales em 2022: Morbidelli
Aos 42 anos, Rossi vê competitividade minguar e se aproxima da aposentadoria da MotoGP
Razgatlioglu e Gerloff largam na frente por vaga na SRT. Mas estão prontos para MotoGP?
Pedrosa correr como wildcard ainda na temporada 2021 é bom negócio para KTM e MotoGP
Quartararo mostra velocidade e maturidade para protagonizar primeira metade de 2021

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar