“Tive êxito e saio inteiro”: Lorenzo diz que se sentiu livre após último GP

Jorge Lorenzo afirmou que se sentiu livre ao cruzar a linha de chegada do GP da Comunidade Valenciana. O #99 celebrou o fato de ter tido uma carreira vitoriosa e de poder deixar a MotoGP inteiro

Jorge Lorenzo causou algumas lágrimas após sua última corrida na MotoGP. Aos 32 anos, o #99 optou por pendurar o capacete e encerrou no GP da Comunidade Valenciana uma bonita e vitoriosa carreira no Mundial de Motovelocidade.
 
13º na corrida em Valência, Lorenzo disse que sai de cena sem arrependimentos e admitiu que teve um domingo emocionante no circuito Ricardo Tormo. 
 
“A Honda ganhou a tríplice coroa a pesar de eu não ter podido ajudar, mas eu dei tudo de mim e saio sem arrependimentos”, disse Lorenzo. “Ontem eu já imaginei como seria esse dia. Eu achava que estaria relaxado, mas foi tudo ao contrário”, admitiu. 
 
“Eu não queria cair e quando cheguei na terceira volta, achava que seguramente poderia terminar a corrida em modo de sobrevivência para terminar bem um dia tão emocionante como este”, seguiu.
Jorge Lorenzo (Foto: Red Bull Content Pool)
Paddockast #42
QUEM É VOCÊ NO GP DO BRASIL?

Ouça:

Spotify | iTunes | Android | playerFM

Antes da largada, o espanhol quebrou sua tradição e deu várias entrevistas às emissoras de TV presentes na pista. 
 
“No grid, eu quis dar todas as entrevistas possíveis, porque eu queria que as pessoas soubessem como eu me sentia”, explicou. “Quando as luzes se apagaram, tentei dar tudo, o que não foi muito hoje”, reconheceu.
 
Questionado sobre como se sentiu ao receber a bandeirada pela última vez na MotoGP, Jorge respondeu: “Ao cruzar a meta, me senti livre, mais do que depois de ganhar uma corrida ou um Mundial. Foi o fim de semana mais feliz deste ano”, resumiu.
 
Ainda, Lorenzo celebrou o fato de ter tido uma carreira vitoriosa no Mundial e também de poder se aposentar inteiro. 
 
“Saio daqui podendo dizer que tive êxito e que saio inteiro, o que é algo que nem todos os pilotos podem dizer”, lembrou. “Podia ter ido melhor, mas também muitíssimo pior”, ponderou. 
 
“Sou jovem, tenho saúde e posso desfrutar da vida, e é isso que vou fazer a partir desta tarde. No momento, vou para Bali sem passagem de volta”, revelou.
 
Por fim, Lorenzo reconheceu que seu comportamento na chegada ao Mundial acabou por criar uma imagem diferente de quem ele realmente é, mas contou que sentiu o carinho dos torcedores no fim de semana em Valência. 
 
“Se eu voltasse 20 anos no tempo, faria o mesmo que fiz até agora”, declarou. “Os que me conhecem sabem como eu evoluí como pessoa. Quando eu era jovem, seguramente expressei de forma extrema a dureza que eu queria transmitir”, admitiu. 
 
“Mas, com o tempo, as pessoas me conheceram mais e me deram muito carinho. Eu pude sentir isso neste fim de semana”, concluiu.
 
Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube