Viñales põe pontos fracos para escanteio e foca em melhorar “DNA da Yamaha”

O espanhol considerou que não tem tido resultados na tentativa de melhorar os pontos fracos da YZR-M1, então é melhor focar em fortalecer as partes boas da moto

Maverick Viñales reconheceu que tentar melhorar os pontos fracos da Yamaha tem sido um trabalho infrutífero. O espanhol decidiu, então, que é melhor tentar fortalecer aquilo que a YZR-M1 já tem de bom.

No fim de semana no MotorLand, a Yamaha foi dominante nos treinos, mas na corrida acabou atrás de Suzuki e Honda. Terceiro colocado na classificação da MotoGP, Viñales liderou as primeiras voltas do GP de Aragão, mas acabou caindo para a quarta colocação, atrás de Álex Rins, Álex Márquez e Joan Mir.

Maverick Viñales quer melhorar a dianteira da M1 (Foto: Yamaha)

LEIA TAMBÉM
Da rejeição ao conto de fadas: Álex Márquez cala críticos e mostra a que veio na MotoGP

“Entendemos que não vamos tornar mais fortes os nossos pontos fracos, mas podemos reforçar nossos pontos fortes”, disse Viñales. “Então vamos trabalhar na linha que a Yamaha gosta e ver se nas próximas corridas podemos começar na ponta mais uma vez, forçar e ter um ritmo mais forte”, seguiu.

“Parece que toda vez que tentamos melhorar um ponto fraco, não fazemos uma boa corrida. Então precisamos focar no DNA da Yamaha. Vamos tentar tornar os pontos fortes mais fortes, que são a velocidade de curva e a estabilidade da dianteira”, apontou.

O espanhol explicou que precisa trabalhar com a dianteira da moto para poder usar a velocidade de curva para melhorar o desempenho.

“Precisamos trabalhar um pouco mais com a dianteira para me dar um pouco mais de confiança para que eu possa carregar velocidade de curva”, apontou. “É a única maneira de sermos mais rápidos. Podemos nos concentrar em encontrar mais aderência na traseira. Não fizemos isso nos últimos três anos, então vamos nos concentrar na dianteira, tentar ser mais rápido, ganhar mais velocidade de curva e ver se os tempos de volta são melhores ou não”, continuou.

“Em uma volta, a moto já é fantástica, mas precisamos melhorar, pois os rivais melhoraram”, completou.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube