Zarco revela fratura no punho direito, anuncia cirurgia e vira dúvida no GP da Estíria

O francês da Avintia foi examinado na segunda-feira e terá de passar por uma cirurgia para consolidar a fratura. O bicampeão da Moto2 ainda não sabe se poderá correr neste fim de semana

LEIA TAMBÉM
Sorte salvou MotoGP em domingo de ‘Premonição’. Mas Red Bull Ring precisa mudar

Johann Zarco não escapou tão ileso quanto parecia do forte acidente no GP da Áustria. O piloto da Avintia revelou que será submetido a uma cirurgia na quarta-feira (19) para reparar uma fratura no escafoide da mão direita.

Na nona volta da corrida no Red Bull Ring, Johann usou a velocidade de reta da Ducati para passar Franco Morbidelli na curva 1. O ítalo-brasileiro preparou o troco para metros à frente, mas a curva 3 é uma freada forte, onde a velocidade cai de 309 km/h para 63 km/h em um espaço de apenas 244 metros.

Zarco acabou cortando a frente de Morbidelli, que atingiu a Ducati da Avintia a quase 300 km/h. As motos, porém, seguiram para cruzar a pista, onde os demais pilotos contornavam uma curva de 90° em baixa velocidade. A moto de Franco passou entre Valentino Rossi e Maverick Viñales, enquanto que a #5 ficou bem perto de atingir a cabeça do italiano.

Johann Zarco não escapou tão ileso quanto parecia (Foto: Divulgação/MotoGP)

Inicialmente, os exames não constataram lesões, mas na segunda-feira novos exames constataram que Zarco fraturou o escafoide, o principal osso do carpo.

“É um procedimento clássico, com a colocação de um parafuso para fixar o osso quebrado”, disse Zarco ao jornal francês L’Equipe. “Vou voltar para a Áustria na quinta de manhã para uma avaliação médica para ver se poderei ou não correr neste fim de semana, na segunda corrida organizada no Red Bull Ring”, seguiu.

Johann está no olho do furacão após o acidente na Áustria. O francês foi duramente criticado por Morbidelli, que o acusou de ter “pouco amor” pelos rivais e considerou que ele foi “meio assassino” no domingo. Rossi tampouco usou palavras gentis e afirmou que Zarco fez uma manobra proposital para impedir a ultrapassagem do rival.

Ainda no domingo, o francês conversou com Rossi e tentou explicar sua versão dos fatos. Além disso, a Avintia assegurou que os dados da telemetria são uma evidência da inocência do piloto.

O assunto, porém, ainda não acabou. Zarco e Morbidelli devem ser ouvidos pelos comissários da FIM (Federação Internacional de Motociclismo) na quinta-feira, no Red Bull Ring.

Nessa manhã, a própria Avintia soltou um comunicado à imprensa para confirmar a cirurgia. Johann, então, aproveitou para assegurar que estará na pista na quinta-feira para falar sobre o acidente com Morbidelli.

“Na segunda-feira, fiz alguns exames no meu punho direito, porque ainda estava com dor, e tenho uma pequena fratura no escafoide. Vou para a Itália fazer a cirurgia na quarta de manhã, com um médico que tem um bom contato com a Ducati, o médico que operou pilotos várias vezes”, contou Johann. “Aí vamos voltar para a Áustria, e estarei na pista na quinta-feira para uma reunião sobre o grande incidente que aconteceu no domingo”, assegurou.

“Se me sentir ok com o punho e o centro médico me declarar apto, vou tentar ver se posso pilotar. A vantagem deste fim de semana é que já tenho todas as referências da semana anterior, então não será um grande drama se perder algumas sessões, assim posso tirar mais um dia para sentir se meu punho está ok”, comentou. “Agora, o principal é a operação e depois ver se a minha sensação melhora. A equipe está trabalhando na moto para prepará-la, e eu sei que tudo estará pronto se eu voltar”, concluiu.

Veja as fotos do assustador acidente do GP da Áustria de MotoGP: clique na imagem abaixo.

A moto de Morbidelli passou bem na frente de Rossi, que contornava o grampo do Red Bull Ring (Foto: Reprodução)

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO? Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.
Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.
Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube